domingo, 28 novembro 2021
InícioGeralCarreta da Saúde vai oferecer serviços gratuitos à comunidade

Carreta da Saúde vai oferecer serviços gratuitos à comunidade

carreta-saude

Blumenau será o único município do Estado que terá, durante três dias, um centro de saúde móvel no combate e erradicação da Hanseníase.

Texto: Joni César 

A Prefeitura de Blumenau está mobilizando os setores públicos para trazer à população diversos serviços de saúde gratuitos nos dia 1, 2 e 3 de junho. Trata-se da Carreta da Saúde, um centro de saúde móvel que estará em Blumenau nestes três dias para ajudar no combate e erradicação da Hanseníase. O veículo, que mede 16 metros de comprimento, ficará atendendo a população no entorno da Rodoviária, na rua Dois de Setembro, próximo à Policlínica Lindolf Bell e do Centro de Saúde Rosania Machado Pereira, no bairro Itoupava Norte.

A Carreta da Saúde vai funcionar das 8h às 17h. Os serviços de saúde serão disponibilizados para toda a população, não necessitando os usuários se dirigirem aos postos de saúde com antecedência. Apesar da região Sul do Brasil não integrar a lista dos municípios com graves problemas com Hanseníase, a vinda da Carreta da Saúde a Blumenau serve com incentivo aos trabalhos realizados no município, e que atualmente são referência em todo o Estado, não somente pelo combate à doença e resultado das curas obtidas, mas pelo atendimento prestado à comunidade.

Por isso, a Secretaria Municipal de Saúde vai disponibilizar com a Carreta da Saúde, exames de coleta para o diagnóstico da Hanseníase, Tuberculose, além de testes rápidos de HIV e também ajudar na coleta de medicamentos que poderão ser doados pela população. A Secretaria Municipal de Saúde ainda está finalizando os últimos detalhes para dispor à comunidade um maior número de serviços com a participação do veículo.

O veículo conta com uma estrutura moderna, com cinco consultórios e um laboratório para a realização de exames. Faz parte de uma iniciativa da Novartis em conjunto com o Movimento de Reintegrações das Pessoas Atingidas pela Hanseníase e do Conselho Nacional de Secretarias de Saúde. Com esse projeto, segundo a Novartis, mais de 17 mil pessoas em 18 estados brasileiros foram beneficiadas e mais de 1.900 casos foram diagnosticados.

Combate

Blumenau está entre os municípios que mais se destacam no combate a doença. Desde 2007, foram constatados 56 casos na cidade. Segundo a responsável pelo Programa de Combate a Tuberculose, Shirley de Freitas Stringari, Blumenau atende a todas as diretrizes exigidas pelo Ministério da Saúde (MS) no combate a doença, com 100% de cura dos casos.

Além disso, de acordo com o MS, o Estado de Santa Catarina se encontra em situação favorável com 0,29 de casos da doença por cada 10 mil habitantes. Muito diferente de outros Estados, como Mato Grosso, com 7,69 casos a cada 10 mil habitantes; Tocantis, com 5,54 e Maranhão, com 5,22. Para Shirley, além da prestação de serviço à população, esse resultado também é fruto de outros pontos positivos, como facilidade de acesso aos serviços de saúde, boa cobertura de exames de contatos e rapidez na realização de exames para o diagnóstico e tratamento.

Hanseníase

Também conhecida como lepra, é uma doença contagiosa causada pelo bacilo de hansen. Atinge a pele e alguns nervos do corpo. O contagio é feito de pessoa para pessoa, pelo ar, tosse e pelo espirro. Entre os sintomas estão manchas esbranquiçadas ou avermelhadas no corpo, diminuição ou perda de sensibilidade ao toque, à dor e ao calor; dormência, principalmente nos pés e nas mãos; nódulos (caroços) e perda de sobrancelhas. A Secretaria de Saúde também reforça à população que ao perceber um dos sintomas, deve procurar imediatamente uma unidade de saúde mais próxima. Vale lembrar ainda que o tratamento da doença é de graça.

via PMB

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS