segunda-feira, 6 dezembro 2021
InícioGeralTrotes representam cerca de 10% das ligações que o SAMU recebe

Trotes representam cerca de 10% das ligações que o SAMU recebe

samu-01

O número 192 é muitas vezes acionado sem necessidade ou em casos indevidos. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde/SC, o SAMU recebe em média, 70 mil ligações todos os meses, onde cerca de 10% desse total são trotes. Achou muito? O pior é que já chegou a 22%. Imaginem quantas pessoas deixaram de receber o atendimento e até morreram. As principais ocorrências são acionadas em casos de quedas, acidentes de trânsito, intoxicações, atropelamentos e agressões.

trotesSó no mês passado, as Centrais de Regulação de Atendimento do SAMU receberam 73.664 ligações, o maior número deste ano. Os trotes representaram 11%, onde 19% foram atendimentos com envio de veículo e 16% foram apenas para prestar orientação.

Dos 25.214 atendimentos realizados, adultos de 20 a 59 anos constituem a faixa etária em maior número, 47,82%. Crianças (de 0 a 13 anos) e adolescentes (entre 14 e 19 anos) somam, respectivamente, 23,41% e 6,41%. Os outros 22,36% representam pessoas atendidas com 60 anos ou mais. As principais ocorrências são acionadas em casos de quedas, acidentes de trânsito, intoxicações, atropelamentos e agressões.

A redução de 22% para 10% começou há aproximadamente dois anos, com o Projeto Educa SAMU. O objetivo é orientar a comunidade sobre o uso correto do serviço, quais as funções que ele exerce e quando deve ser chamado. Ele foi desenvolvido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) em parceria com a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), organização social que administra o SAMU desde agosto de 2012.

O Educa SAMU atua principalmente nas escolas, por meio da distribuição de folderes e cartilhas. A visita de um educador pode ser solicitada em Blumenau pelo e-mail olga.bernardisc@spdm-pais.org.br.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS