quinta-feira, 2 dezembro 2021
InícioEventosQuinta-feira (20/06) marcada por procissões de Corpus Christi em vários bairros de...

Quinta-feira (20/06) marcada por procissões de Corpus Christi em vários bairros de Blumenau

 

 

 

Fotos: Natalino Civiero/NW Blumenau

Como é feito há décadas em Blumenau, fiéis decoraram desde a madrugada desta quinta-feira (20/6/18) as ruas Padre Jacobs, Curt Hering, Paul Hering e XV de Novembro. A serragem colorida no marcava o percurso que iniciou e terminou na Catedral São Paulo Apóstolo, no Centro.

 

 

Com a matriz lotada, iniciou às 9h a missa de Corpus Christi. Celebrada pelo bispo Dom Rafael Biernaski e o padre Marcelo Martendal, eles consagraram duas hóstias: uma que é consumida e a outra, apresentada aos fiéis para adoração. Essa hóstia permanece no meio da comunidade, como sinal da presença do Cristo vivo no coração de sua Igreja.

 

Depois da missa começou a procissão pelo trajeto marcado pela serragem. A simbologia lembra a caminhada do povo de Deus, que é peregrino, em busca da Terra Prometida. No Antigo Testamento esse povo foi alimentado no deserto com maná, hoje pelo próprio Corpo de Cristo.

Além do Centro, a procissão também aconteceu em outras comunidades. Às 4h começou a montagem dos tapetes na Igreja São Francisco de Assis, no bairro Fortaleza. Lá a procissão passou pelas ruas Fritz Koegler, Leopoldo Keunecke, Antônio Junkes e Francisco Valhdieck. O trânsito na região ficou em meia pista.

Na Velha Central, a procissão na Igreja Santa Cruz, foi na Rua José Reuter por volta das 9h30, nas proximidades do número 617. Já na Capela Sant’Ana, no mesmo bairro, a elaboração dos tapetes começou às 14h nas ruas Roberto Grahl, Alfredo Morsch, Kurt Prayon e Linus Reiter. A liberação total do trânsito está prevista para as 20h30min.

No bairro Itoupava Norte, o trânsito ficou em meia pista na Avenida Lisboa e ruas Madri, 4 de Fevereiro e Paris. A comunidade começou a elaborar os tapetes de serragem a partir das 6h e a procissão da Igreja Nossa Senhora Aparecida ficou agendada para sair às 9h. O trânsito na região só foi liberado próximo do meio-dia.

À noite ocorrerá a procissão da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Vorstadt, com trajeto percorrendo as ruas Andrino Fermino Serpa, Darcísio José Sardagna e Antônio Treis. O trânsito na região ficará parcialmente interrompido das 18h às 20h. Em todas as procissões a Guarda de Trânsito estará presente para orientações aos participantes e motoristas.

História

A celebração teve origem em 1243, em Liège, na Bélgica, no século XIII, quando a freira Juliana de Cornion teria tido visões de Cristo demonstrando-lhe desejo de que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque.

Em 1264, o Papa Urbano IV através da Bula Papal “Trasnsiturus de hoc mundo”, estendeu a festa para toda a Igreja, pedindo a São Tomás de Aquino que preparasse as leituras e textos litúrgicos que, até hoje, são usados durante a celebração. A procissão com a Hóstia consagrada conduzida em um ostensório é datada de 1274. Foi na época barroca, contudo, que ela se tornou um grande cortejo de ação de graças.

No Brasil, a festa passou a integrar o calendário religioso de Brasília, em 1961, quando uma pequena procissão saiu da Igreja de madeira de Santo Antônio e seguiu até a Igrejinha de Nossa Senhora de Fátima. A tradição de enfeitar as ruas surgiu em Ouro Preto, cidade histórica do interior de Minas Gerais.

Fonte histórica: CN

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS