terça-feira, 30 novembro 2021
InícioEducaçãoProjeto Cinesolarzinho leva em uma van a magia do cinema às crianças de...

Projeto Cinesolarzinho leva em uma van a magia do cinema às crianças de SC

Foto: divulgação

 

Na quarta-feira (2/04/18), na cidade de São Francisco do Sul, em Santa Catarina, começa a primeira temporada do Cinesolarzinho que, como o próprio nome sugere, é uma versão para crianças do Cinesolar, projeto de cinema itinerante que utiliza energia solar para exibir filmes.

Depois, o projeto segue para Penha (3), Bombinhas (4) e Camboriú (5). As sessões, gratuitas e abertas ao público. Nessas cidades, conta com o patrocínio da Águas de São Francisco do Sul, Águas de Penha, Águas de Bombinhas e Águas de Camboriú, empresas do grupo Aegea.

 

Foto: Murilo Durães

 

No Cinesolarzinho, equipado com placas solares e um sistema conversor de energia, um veículo viaja por várias regiões para realizar sessões gratuitas de cinema. A ideia é democratizar o acesso às produções audiovisuais e promover ações sustentáveis através do projeto.

O projeto utiliza energia limpa e renovável para exibir filmes, unindo arte, cinema e sustentabilidade. No interior do veículo, há cerca de 100 assentos para o público, telão com metragem de 200 polegadas, sistema de projeção e som e até um estúdio de gravação. Quando chegam às cidades tudo é retirado do veículo e o cinema é montado em lugares como praças públicas e quadras esportivas.

 

Foto: Danilo Ramos

 

Em cada evento, serão exibidas duas programações de curtas metragens infantis, com cerca de uma hora cada, para toda a família, com entrada franca e a participação de um apresentador que fará a mediação entre filmes e o público.

Neste primeiro ano, com o patrocínio da Aegea, serão visitadas 26 cidades em cinco estados do País (16 no Mato Grosso, quatro em Rondônia, quatro em Santa Catarina, uma no Pará e uma em São Paulo). O projeto também estará em outras quatro cidades de Santa Catarina: no dia 7 de maio em Araranguá, com a parceria da Plant for the Planet; em 8 de maio em Imbituba, com o patrocínio da Votorantim Cimentos; e em Timbó Grande (dias 10 e 11 de maio) e Três Barras (dias 16 e 17 de maio), com o patrocínio da WestRock.

 

Foto: Tarsilla Alves

 

Em Bombinhas, Penha, Três Barras, Timbó Grande e Imbituba o projeto também realizará as Oficinas de Cinema (Oficinemas Solares), onde, no período da manhã ou à tarde, além de participarem de uma introdução ao audiovisual e as crianças produzirão um curta-metragem, que é exibido à noite, junto com os outros curtas da programação.

 

Foto: Danilo Ramos

 

Ao total, o Cinesolarzinho visitará este ano 41 cidades do País, realizando 90 sessões de cinema.

Durante os eventos acontece também a Eco Estúdio Solar – exposição tecnológica sustentável. Dentro do veículo, infográficos e monitores mostram como funciona o carro e são passadas informações sobre os princípios básicos da energia solar (por exemplo: como a energia solar se transforma em energia elétrica). Além disso, são mostrados produtos de sustentabilidade e tecnologias renováveis, com aplicações práticas, como um instigante relógio de batatas.

Santa Catarina inaugura o novo projeto que será lançado em maio pela Brazucah Produções, que leva a diversas cidades do País eventos instigantes das séries Cinesolar, Cine Autorama e CineB. No dia 2 de maio, quarta-feira, a cidade de São Francisco do Sul receberá o primeiro evento do Cinesolarzinho que, como o próprio nome indica, é uma versão para crianças do Cinesolar, projeto de cinema itinerante que utiliza energia solar para exibir filmes.

 

Foto: Danilo Ramos

 

Depois, o projeto segue para Penha, Bombinhas e Camboriú. As sessões são gratuitas e abertas ao público. Nessas cidades catarinenses, o projeto conta com o patrocínio, através da Lei de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet, da Águas de São Francisco do Sul, Águas de Penha, Águas de Bombinhas e Águas de Camboriú, empresas do grupo Aegea.

Segundo Cynthia Alario, idealizadora do projeto e diretora da Brazucah Produções, neste primeiro ano, com o patrocínio da Aegea Saneamento, serão visitadas 26 cidades em cinco estados do País (16 no Mato Grosso, quatro em Rondônia, quatro em Santa Catarina, uma no Pará e uma em São Paulo). Em cada cidade serão exibidas duas programações de cerca de uma hora cada, com curtas-metragens, com a temática da sustentabilidade, questões de gênero e étnicas, empoderamento feminino, engajamento social e protagonismo infantil e com a participação de um apresentador, que fará a mediação entre os filmes e o público.

O projeto estará também em outras quatro cidades catarinenses: no dia 7 de maio em Araranguá, com a parceria da Plant for the Planet; no dia 8 de maio em Imbituba, com o patrocínio da Votorantim Cimentos; e em Timbó Grande, dias 10 e 11 de maio, e Três Barras, dias 16 e 17 de maio, com o patrocínio da WestRock.

 

Foto: Danilo Ramos

 

Em Bombinhas, Penha, Três Barras, Timbó Grande e Imbituba o Cinesolarzinho também realizará as Oficinas de Cinema (Oficinemas Solares), onde, no período da manhã ou à tarde, além de participarem de uma introdução ao audiovisual, as crianças produzirão um curta-metragem, que é exibido à noite, junto com os outros curtas da programação.

Ao total, o Cinesolarzinho visitará no ano 41 cidades do País, apresentando 90 sessões de cinema.

O objetivo do Cinesolar e, agora, do Cinesolarzinho, é democratizar o acesso às produções audiovisuais e promover ações sustentáveis. O projeto utiliza energia limpa e renovável para exibições de filmes, unindo arte, cinema e sustentabilidade. Tudo funciona a partir de um veículo equipado com placas solares com autonomia de mais de 20 horas, que possibilitam, através de um sistema conversor de energia solar para elétrica, a exibição de filmes e apresentações artísticas.

 

Foto: Danilo Ramos

 

No interior do veículo, há assentos para o público e telão com metragem de 200 polegadas (que são levados para fora para a montagem da ‘sala de cinema’), além de sistema de projeção e até um EcoVJ. Quando chegam às cidades tudo é retirado do veículo e o cinema é montado em lugares como praças públicas e quadras esportivas, principalmente em regiões “carentes”, como comunidades, aldeias indígenas e até mesmo cidades que não têm energia elétrica.

“Muitos destes municípios não contam com cinema e diversos espectadores tiveram a primeira experiência com a sétima arte através do Cinesolar, o que deve acontecer ainda mais no Cinesolarzinho”, diz Cynthia, que acrescenta: “estamos felizes e orgulhosos com a realização do Cinesolarzinho, que atenderá principalmente às crianças do nosso País. Pensar o futuro do Brasil é pensar em ações que impactem o imaginário infantil e que que possam dialogar também com os adultos que estarão nessas atividades com seus, filhos, sobrinhos e netos”.

Durante os eventos acontece também a Eco Estúdio Solar – exposição tecnológica sustentável. Dentro do veículo, infográficos e monitores mostram como funciona o carro e são passadas informações sobre os princípios básicos da energia solar (por exemplo: como a energia solar se transforma em energia elétrica). Além disso, são mostrados produtos de sustentabilidade e tecnologias renováveis, com aplicações práticas no dia-a-dia, como um instigante relógio de batatas.

O Cinesolarzinho é uma realização da Brazucah Produções e do Ministério da Cultura, em parceria com a Associação Cultural Simbora e a Semearte Productil, através da Lei de Incentivo à Cultura. Conta com o patrocínio da Aegea Saneamento e de suas respectivas concessionárias, da Votorantim Cimentos e da Westrock. Tem o apoio das prefeituras das cidades e das seguintes empresas e entidades: Surya Brasil, Academia Ecofit, GIZ, Instituto Ideal, Fundação Holandesa Doen, Solar World Cinema e Ecooar (por isso, todas as sessões têm a compensação de carbono em uma área de reflorestamento no interior de São Paulo). Possui ainda o apoio tecnológico da Sices Solar e o apoio Institucional da Mercedes Benz.

Sobre o Cinesolar

Desde o início das atividades, em 2013, Cinesolar, em seus diversos circuitos, realizou cerca de 500 sessões com a exibição de mais de 30 longas-metragens e 100 curtas metragens com a temática socioambiental em 260 cidades de “todo” o País, percorrendo mais de 60 mil km e ultrapassando 95 mil espectadores, além de 180 oficinas, com um total de cerca de cinco mil participantes.

“Nesse período, foram economizados mais de 1.500.000 watts de energia elétrica, equivalentes a cerca de 4,3 mil horas de uma geladeira ligada sem interrupções. Além de realizar sessões sustentáveis, as temáticas dos filmes trazem a sustentabilidade à tona, com foco em três eixos: social, econômico e ambiental”, diz Cynthia Alário, idealizadora e coordenadora do projeto.

 

Foto: Israel Barreto

 

Nesta trajetória, a Brazucah conta com o apoio da Fundação Doen, da Holanda, além do patrocínio de grandes empresas, com a já citada AEGEA, além de instituições governamentais, como Ministério da Cultura do Governo Federal, Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo e prefeituras.

O projeto conta também com o apoio do Solar World Cinema; da fundação Holandesa Doen, promotora da sustentabilidade, cultura e inovação social; e, desde 2015, com a parceria da Ecooar. Todas as sessões do Cinesolar têm a compensação de carbono em uma área de reflorestamento no interior de São Paulo.

 

Veja a programação da 1ª. Temporada do Cinesolarzinho 2018, em Santa Catarina

São Francisco do Sul
Data e horário: quarta-feira (2), das 19h às 20h30min
Local: CRAS Majorca, à rua Herval do Oeste, esquina com a rua São Joaquim, s/n (em caso de chuva será na EBM Ida Beatriz, à rua Rio dos Cedros, 434, no bairro Majorca)
Acesso gratuito
Patrocínio: Águas de São Francisco do Sul

Penha

Data e horário: quinta-feira (3), das 18h30min às 20h
Local: Escola Básica Municipal João Batista da Cruz (Escola do Mariscal) | Rua Margarida Vieira, 885, Praia de Armação do Itapocorói

Oficina de Cinema: das 13h30min às 16h30min
Local: Escola Básica Municipal João Batista Cruz (Escola do Mariscal) | Rua Margarida Veira, 885
Patrocínio: Águas de Penha

Bombinhas

Data e horário: sexta-feira (4), das 19h às 20h30min
Local: Escola Básica Municipal Pequeno Príncipe | Rua Onça Pintada, s/n, bairro José Amândio
Acesso gratuito

Oficina de Cinema: das 14h às 17h
Local: Escola Básica Municipal Pequeno Príncipe | Rua Onça Pintada, s/n, bairro José Amândio
Patrocínio: Águas de Bombinhas

Camboriú

Data e horário: sábado (5), das 19h às 20h30min
Local: Praça Flávio Vieira, S/N, na Praça das Figueiras | Rua Gustavo Richard, Centro. Em caso de chuva, as exibições acontecem no Ginásio Irineu Bornhausen, à rua Maria da Glória, S/N.
Acesso gratuito
Patrocínio: Águas de Camboriú

Araranguá

Data e horário: dia 6 (segunda-feira)
Horários: 18h e 20h30mi
Local: Praça Hercílio Luz, Centro (em caso de chuva será no Colégio Murialdo, à av. Sete de Setembro, 2438, também no Centro)
Acesso gratuito
Parceria: Planet for the Planet

Imbituba

Data e horários: dia 8 (terça-feira), das 18h30min às 20h
Local das sessões: Praça da Divinéia, à rua Aritiano Gonçalves, s/n (ao lado do Colégio Álvaro Catão), na Vila Nova Alvorada (em caso de chuva será no Salão do Centro Comunitário da Divinéia (Centro Comunitário Padre Luiz Itamar da Gosta), à rua Aritiano Gonçalves s/n, na Vila Nova Alvorada.
Acesso gratuito

Oficina de Cinema: 14h às 17h
Local: Salão do Centro Comunitária da Divinéia.
Patrocínio: Votorantim Cimentos

Timbó Grande

Dia 10 (quinta-feira), das 18h30min às 20h
Local: fundos da Escola Municipal Gleidis Rodrigues, à rua João Rosa, s/n, no Centro (em caso de chuva, será na Escola Municipal Gleidis Rodrigues, à av. Antônio Furtado, 685).

Sexta-feira (11), das 14h às 17h
Local: Centro Municipal de Educação Básica Nossa Senhora Aparecida (Ginásio de Esportes), no Bairro da Cachoeira.
Acesso gratuito
Oficina de Cinema: das 14h às 17h
Local: indefinido
Patrocínio: WestRock

Três Barras

Dias 16 e 17 (quarta e quinta-feira) – 9h e 20h30min
Local (16): Av. Rigeza, ao lado da loja LK), no km2 (em caso de chuva será no Ginásio Ione Cyciriaco, também no Km2)
Local (17): Estacionamento do Centro de Convenções Vereador Milton Miguel, à av. Abrão Mussi, no distrito de São Cristóvão. Se chover, será no Auditório do Centro de Convenções Vereador Milton Miguel).
Acesso gratuito

Oficinal de Cinema: dia 16, das 14h às 17h
Local: a definir

Patrocínio: WestRock

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS