Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Operação “Peixe Branco” cumpre 11 mandados de busca e prende 6 pessoas em Brusque e Porto Belo

 

 

 

 

Na manhã desta quinta-feira (21/05/20), policiais civis e militares cumpriram 11 mandados de busca e apreensão, e dois mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça após investigação iniciada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC), de Brusque. Seis pessoas foram presas, sendo quatro em flagrante e duas por mandado de prisão preventiva.

Foram apreendidos cerca de R$ 40 mil, seis balanças e cerca de 120 gramas de cocaína, o que resultou na prisão de quatro pessoas em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, em Brusque, e a confecção de dois Termos Circunstanciados (TCs) por posse de drogas.

Dez mandados de busca e apreensão foram cumpridos em bairros de Brusque e um mandado de busca e apreensão em Porto Belo, no bairro Perequê. Duas pessoas foram presas preventivamente, em Brusque.

A operação é o resultado de uma investigação que começou no ano passado. Na primeira fase deflagrada em fevereiro de 2020, foram apreendidas duas armas de fogo, drogas, apetrechos utilizados para a venda de drogas e cerca de R$ 35 mil. Na ocasião foi presa uma pessoa em flagrante por tráfico.

Também foi apurado que mais pessoas fariam parte de uma rede de contatos em Brusque, envolvidas no comércio de drogas, principalmente de cocaína. Segunda Polícia Civil, o homem considerado como líder do esquema criminoso, é proprietário de um estabelecimento comercial que vende sushis e petiscos, dando o nome da operação como “Peixe Branco”.

Participaram policiais civis de Brusque, Itajaí, Blumenau, Gaspar, São João Batista, Major Gercino, Botuverá, Guabiruba, Itapema e Porto Belo; além de policiais militares do 18º Batalhão de Polícia Militar. Foram um total de 60 policiais, coordenados pelo delegado Alex Bonfim Reis, titular da Divisão de Investigação Criminal (DIC).

Fonte e fotos: Polícia Civil de SC

 

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top