terça-feira, 13 abril 2021
Início Geral O monstro que matou Marta Dias está preso

O monstro que matou Marta Dias está preso

Nossa cidade ficou chocada com a violência com que a camareira Marta Dias dos Santos, de 45 anos, foi morta na madrugada do sábado, dia 23/11. Mas o monstro que cometeu isto não escapou e Maurici Borba (38 anos) foi preso na sexta-feira, porque além de agredi-la na cabeça a ponto de causar traumatismo craniano, ainda introduziu um pedaço de madeira na região genital dela. A identificação ocorreu graças à imagens de câmeras de segurança dos comércios da região.

O competente delegado Bruno Effori, que coordena a divisão de Homicídios da Central de Polícia Civil de Blumenau, ao fazer a prisão preventiva na sexta-feira, reconheceu a bermuda e chinelo usadas pelo assassino naquele dia. O suspeito confessou o crime na delegacia, mas já tem contra ele três boletins de ocorrência por violência contra a mulher, todos de ex-companheiras. Ele alega que só conheceu a vítima naquela madrugada.

Quando Maurici Borba abordou Maria na madrugada de sábado, ele vinha de uma casa de prostituição, onde tinha ingerido bebida alcoólica e uma bala de LSD. Segundo o seu depoimento, ele a encontrou no trajeto após a saída dela do salão Palmeiras, que fica no começo da rodovia Guilherme Jensen.  No caminho teve uma discussão com Marta, e em uma construção na Rua Frederico Jensen, Bairro Itoupavazinha, a violentou e espancou. Antes de morrer, 2 horas após ter dado entrada no hospital, ela ainda conseguiu falar um nome ao delegado.

Fontes: Jornal de Santa Catarina e Jornal do Meio Dia (RIC/Record)

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS