quinta-feira, 13 maio 2021
Início Geral Mesa diretora oficializa afastamento de vereadores após determinação da justiça

Mesa diretora oficializa afastamento de vereadores após determinação da justiça

Câmara de vereadores afasta cassados

No primeiro dia de trabalho, os quatro integrantes da Mesa Diretora da Câmara de Blumenau – Vanderlei de Oliveira (PT), Beto Tribess (PMDB), Jens Mantau (PSDB) e Marcos da Rosa (DEM) – assinaram a resolução que oficializa o afastamento imediato dos vereadores cassados pela Justiça. A medida atende a determinação do presidente do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Eládio Torret Rocha, expedida na última sexta-feira (10) e encaminhada para a 88ª Zona Eleitoral de Blumenau.

No final da manhã desta segunda-feira (13), a Câmara de Vereadores recebeu o mandato de notificação do juiz Ricardo Rafael dos Santos. A resolução declara vagos os cargos dos vereadores Célio Dias (PR), Robinsom Soares, o Robinho, (PSD) e Fábio Fiedler (PSD) e dos suplentes Almir Vieira (PSD) e Braz Roncáglio (PR).

Nesta terça-feira (14), a Câmara passa a convocar, por meio de ofício, os suplentes Marcelo Lanzarin (PSD), Antônio Veneza de Souza (PSD) e Diogo Alves dos Santos (PR). “Já dei encaminhamento e pretendo assinar as convocações no máximo até amanhã (terça-feira). Devido à extraordinariedade do caso, a posse pode ser feita no próprio gabinete da Presidência”, informou Vanderlei, acrescentando que não é preciso esperar o início das sessões legislativas para dar posse aos suplentes.

Em relação aos assessores dos vereadores afastados, o presidente explicou que cabe aos futuros parlamentes a decisão de manter ou não os servidores.

Ofício do TRE

No documento, o presidente do TRE, Eládio Torret Rocha, determina o afastamento imediato dos três vereadores e dos dois suplentes. O desembargador determinou ainda a aplicação de multas, a cassação dos diplomas e a inelegibilidade por oito anos dos envolvidos, com exceção de Célio Dias (PR), que permanece elegível.

Os parlamentares foram condenados por crimes eleitorais cometidos, segundo a Justiça, nas eleições municipais de 2012.

Foto: Renan Olaz/Agência Câmarablu | Texto: Assessoria de Imprensa

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS