sábado, 8 maio 2021
Início Esporte A maturidade do líder Metropolitano

A maturidade do líder Metropolitano

Criciúma x Metropolitano

Metropolitano dominou o Criciúma no Sesi, venceu por 3 a 0 e retomou do Tigre a liderança isolada da tabela do Catarinense 2014. Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma EC

Me permitam iniciar esse texto com um trocadilho de gosto duvidoso:

O Metropolitano é verde, mas nunca esteve tão maduro.

Nesta quinta-feira, voltou à liderança do Catarinense com uma vitória incontestável pra cima do ex-líder, atual campeão e favorito ao título Criciúma. 3 a 0 no placar e domínio das ações do início ao fim. O Tigre não se achou no gramado (esquisito, que corte é aquele?) do Sesi. O Metrô, que não tem nada com isso, coroou o reencontro com a torcida em Blumenau. Com todo respeito, foi um baile.

E não foi por acaso. O Metropolitano é o melhor time desse início de Catarinense 2014. Reinaldo, artilheiro com 5 gols, é o melhor jogador do campeonato até aqui. Dava até pra ampliar um pouco mais essa lista, mas não será preciso.

O formato do campeonato favorece os times de menor investimento. Sabendo disso, e sem o peso dos últimos anos de precisar priorizar a busca pela vaga na Série D para garantir o calendário, o Metrô se sentiu seguro para almejar um algo mais. Investiu pra isso, montou não um time, mas um elenco forte, manteve o treinador Abel Ribeiro (que balançou muitas vezes no ano passado) e se preparou. Talvez o mais importante: colocou na cabeça de todo mundo, torcida, jogadores, dirigentes e comissão, que era possível.

Si, se puede!

Aí, com quatro rodadas concluídas, três vitórias e uma derrota (jogando bem), três dos cinco grandes já enfrentados e mais três jogos por fazer no Sesi nas cinco rodadas que restam, a classificação para o quadrangular final que definirá o campeão estadual deixou de ser um sonho distante para se tornar uma possibilidade gigantesca.

Eu diria que uma vitória domingo diante da Chapecoense na Arena Condá seria a prova definitiva de que o Metrô chegou à maturidade. E diante do momento das equipes, não é nenhum devaneio imaginar isso (historicamente, o time de Blumenau joga bem em Chapecó). Nesse cenário, que praticamente tiraria o Verdão do Oeste da briga, a classificação estaria virtualmente assegurada com três jogos por cumprir no Sesi (Brusque e Juventus na sequência e o Avaí, pra variar, na última rodada) e apenas o Atlético em Ibirama.

Torcedor do Metrô, que fez uma festa bonita no Sesi diante do Tigre: essa campanha e, principalmente, esse time não merecem uma invasão a Chapecó no domingo, daquelas de chamar a atenção do Estado todo?

Pensem nisso.

Sobre o Criciúma, foi uma atuação muito ruim, não viu a bola no Sesi. Mas o time é esse, seguirá em evolução até o Brasileiro e segue pra mim o favorito ao bi. Mas o técnico… esse aí não sei se emplaca a Quarta-feira de Cinzas.

Por Rodrigo Braga
Publicado originalmente em blogbragarodrigo.wordpress.com

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS