terça-feira, 19 outubro 2021
InícioCulturaJair Rodrigues iria se apresentar em Florianópolis este mês

Jair Rodrigues iria se apresentar em Florianópolis este mês

jair-rodrigues

É… lá se foi Jair Rodrigues. Nesta manhã de quinta-feira, quando estava na sua casa em Cotia (Grande São Paulo), aos 75 anos, ele foi mais uma vítima de um infarto agudo no miocárdio.  Ele deixa a mulher Clodine Mello, sua filha Luciana Mello, o filho Jairzinho (Jair Oliveira), além de 4 netos. Por outro lado, encontrará os amigos Paulo Goulart e José Wilker, que nos deixaram este ano também.

 

jair-rodrigues-filho-esposa

Não conheci muito o trabalho de Jair Rodrigues, mas a impressão que sempre tive dele, é de um homem de sucesso na vida, mas que continuou humilde, e apaixonado por cantar. Nas entrevistas, sempre passava uma energia muito forte, assim como uma personalidade única. Mas sempre humilde e gentil. Os amigos, quando entrevistados no Jornal Nacional sobre a sua morte, tentavam falar, mas logo se emocionavam.

O mais curioso sobre a sua morte, é que ele não apresentava problemas de saúde. Cumpria sua agenda de shows normalmente. jair-rodrigues-agenda1Eram 15 por mês, e a sua última apresentação tinha sido na terça-feira (6), na cidade de São Lourenço (MG), onde cantou e dançou por mais de uma hora, demonstrando a sua típica alegria e vitalidade. Ele até plantou bananeira no palco e fez uma homenagem para a grande amiga Elis Regina. Agora, estará com ela. No dia 25 de Maio, ele iria se apresentar em Florianópolis, com a família Rodrigues, em um show fechado.

O velório será aberto e começou às 19h na Assembleia Legislativa de São Paulo, na capital paulista. O enterro está previsto para às 11h de sexta-feira (9), no cemitério do Morumbi.

Segundo o site oficial do cantor, ao todo Jair Rodrigues gravou 44 trabalhos entre 1962 e 2014. Um dos seus maiores sucessos, foi com a música “Deixa Isso pra Lá” em 1964 (no começo da ditadura), com uma criativa mistura de samba, MPB e até uma pitada do que viraria mais tarde o funk.

 

 

Uma breve história

1939 – Nasce no dia 6 de Fevereiro, Jair Rodrigues, em Igarapava/SP
1957 – começa a carreira cantando em casas noturnas, indo logo para o rádio onde participa de programas de calouro
1962 – lança o seu primeiro disco, com as canções Brasil Sensacional e Marechal da Vitória, onde o tema principal era a da Copa do Mundo.
1964 – faz sucesso com a música “Deixa Isso pra Lá”
1965 – conhece Elis Regina e juntos lançam 3 discos ao vivo: o Dois na Bossa, volumes 1, 2 e 3. A dupla comandou um programa na antiga rede Record chamado o Fino da Bossa.
1966 – com a música “Disparada”, ele dividiu o primeiro lugar no II Festival de Música Popular Brasileira (em 1966), com Nara Leão, que interpretou o clássico “A Banda” de Chico Buarque.
1971 – Apresenta-se ao lado do grupo Os Originais do Samba, em Cannes, e grava o LP “Festa para um rei negro”, contendo o samba-enredo da escola Acadêmicos do Salgueiro
1972 – Lança o disco “Com a corda toda”
1975 – Nasce Jair Oliveira, chamado também de Jairzinho. O filho de Rodrigues foi estrela do grupo infantil Balão Mágico e depois passou a cantar MPB
1979 – Nasce Luciana Mello, filha de Jair que também seguiu a carreira musical
2000 – Lança o CD “500 anos de folia vol. 2?. Participa da trilha sonora da novela “O cravo e a rosa” (Rede Globo), interpretando a canção título da novela
2006 – É homenageado no 4º Prêmio Tim de Música, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Recebe a indicação ao Grammy Latino, na categoria álbum de samba brasileiro com “Alma Negra”
2009 – Lança o disco “Festa para um Rei Negro”, em comemoração pelos 70 anos de vida e 50 de carreira. Cantou seus sucessos e outras canções, com seus filhos, Alcione, Chitãozinho e Xororó, Pelé, Rappin Hood e outros.
2012 – Participa de eventos que lembram os 30 anos da morte de Elis Regina, como a Virada Cultural, em São Paulo.
2014 – CD duplo Samba Mesmo, Vol. 1 e 2

 

Aqui ainda dá para sentir a personalidade forte e vibrante de Jair. É o making of da gravação do CD “Samba Mesmo”.

Fotos: divulgação

Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS