quarta-feira, 19 janeiro 2022
InícioGeralIntercambista indiano é agredido na Oktoberfest ao ser confundido com suspeito de...

Intercambista indiano é agredido na Oktoberfest ao ser confundido com suspeito de furto

 

Um áudio que está sendo compartilhado pelas redes sociais fala sobre uma agressão na madrugada de domingo (21/10/18). No áudio um homem que se apresenta como professor, relata a situação que passou um intercambista indiano menor de idade, que faz o segundo ano em uma escola particular de Blumenau.

No dia, ele estava na Oktoberfest, quando teria sido abordado por policiais civis, suspeito de ter furtado um celular. O jovem negro que não sabe falar muito bem português tentou mostrar que foi um equívoco. Durante o tempo que esteve em poder dos policiais civis,  ele teria sido agredido, resultando em ferimentos no rosto, dedos e braço.

Ao conversar em inglês, os policiais pediam para ele falar em português, mas disse que conhecia poucas palavras na nossa língua. Depois de muito insistir explicando que era inocente e não tinha nada a ver com o furto, ele conseguiu ser liberado e acionou a Polícia Militar.

Em contato com o delegado Regional Egídio Ferrari, ele confirmou que foi registrado um boletim de ocorrência de agressão a um jovem indiano intercambista. A situação está sendo tratada pela Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), já que se trata de um menor de idade. Ele teria sido hospitalizado por causa dos ferimentos.

Na manhã desta quinta-feira (25) o delegado Ferrari estava com a corregedoria da Polícia Civil, que está apurando o que aconteceu. A situação também tem relação com as duas policiais civis que registraram um BO, alegando terem sido agredidas por policiais militares. No mesmo horário estavam investigando uma ocorrência de furto.

Por enquanto o assunto está sendo apurado pelas duas instituições e as autoridades preferem não se manifestar oficialmente. É importante destacar que durante a Oktoberfest vem policiais, tanto civis quanto militares, de outras regiões do estado.

As duas corporações em Blumenau tem um ótimo relacionamento, informação confirmada com o Delegado Ferrari e o tenente-coronel Jefferson Schmidt, comandante do 10º Batalhão da PM. Estaremos atualizando a matéria.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS