sábado, 17 abril 2021
Início Geral Grupo Jardim da Saudade completa 10 anos em Blumenau

Grupo Jardim da Saudade completa 10 anos em Blumenau

Há uma década o grupo Jardim da Saudade escolheu Santa Catarina para investir em um ramo que muita gente prefere ficar longe. Dez anos depois, o grupo é o único na região que presta serviços de funerária e cemitério parque aqui em Blumenau. “Investimos no segmento para atender uma demanda que até então não era acolhida e merecia este serviço diferenciado”, afirma o administrador, Rafael Andreazza.

Referência no segmento, o Jardim da Saudade possui área de 54 mil metros quadrados, 20 mil lotes e segue o modelo americano, com grandes gramados e contato com a natureza. “É projetado de acordo com o conceito de igualdade entre os homens. O cemitério parque é concebido para ser um ambiente que transmite calma e paz”, explica.

O grupo ainda expandiu os atendimentos. Desde julho de 2013 oferece em Blumenau os serviços da Funerária Jardim da Saudade. Localizada no bairro Victor Konder, presta atendimento familiar, translado, ornamentação de flores naturais, auxílio de trâmites legais e preparação completa de funeral. “Buscamos humanizar os serviços em respeito àqueles que estão em um momento delicado”, acrescenta Andreazza.

Para solucionar a completa demanda das famílias enlutadas, o grupo Jardim da Saudade presta atendimento e translado ao crematório, localizado na região metropolitana de Curitiba (PR). O local é reconhecido por seguir as normas ambientais existentes e possui certificado da Underwriters Laboratories, referência mundial em controle ambiental.

Jardim da Saudade no Brasil

O grupo nasceu em 1969 com os empresários Jayme Matzenbacher e Nacle Gebran Bezerra que se tornaram responsáveis pela administração do primeiro cemitério parque do Brasil, localizado no Rio de Janeiro. O local foi constituído pelas empresas norte-americanas, a Univest Corporation e a Philadelphia International Investiment Corporation. Nestes anos de atividades, o grupo Jardim da Saudade expandiu os serviços pelo Brasil e hoje oferece o modelo de cemitério parque nas cidades de Pinhais (PR), Curitiba (PR) e Blumenau (SC).

via Oficina das Palavras

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS