terça-feira, 18 maio 2021
InícioEventosEvento marca os 77 anos do Aeroclube de Blumenau

Evento marca os 77 anos do Aeroclube de Blumenau

 

Por Claus Jensen
Fotos de Wellington Civiero Ferreira [NW Blumenau] e vídeo com entrevista de João Paulo Taumaturgo

O Aeroclube de Blumenau foi fundado em 22 de abril de 1941 e está localizado na Rua Ernst Kastner (atrás do aeroporto Quero Quero), nº 1255, no bairro Itoupava Central. A festa de aniversário foi neste sábado (5/05/18), em um evento que comemorou os seus 77 anos de criação. Uma programação especial entre às 9h e 17h, celebrou essa data tão importante.

Vieram pelo menos 4 aviões de acrobacias, além de um biplano de 1942 da época da 2ª Guerra mundial. No local também era possível visitar uma exposição de aeronaves, como a do helicóptero Arcanjo 03 (SAMU e Bombeiros), que estava com sua equipe e mostrava os equipamentos utilizados nas missões de salvamento e resgate.

 

 

Quem quisesse, também podia fazer um vôo panorâmico para conhecer Blumenau lá por cima. O evento foi chamado de Fly Blumenau e teve direito a churrasco no hangar ao meio-dia, como já aconteceu em outros anos. Pilotos da região passaram pelo aeroporto com suas naves para participar do encontro.

 

 

Segundo Andrey Tomazi,vice-presidente do aeroclube, Blumenau tem a segunda maior escola de formação de pilotos e comissários de bordo do Brasil, além de ser a terceira mais antiga do país. Ele também preside o comitê pró-aeroporto Quero-Quero, formado por 17 entidades de classe da região, como OAB, ACIB, CDL, etc…

O Deputado Federal e ex-prefeito de Blumenau, João Paulo Kleinubing (PSD), esteve no evento e entregou a emenda parlamentar que garante R$ 500 mil, para dar início às obras de balizamento noturno, que permitirão pousos e decolagens até às 23h. Os trabalhos devem ser começados em junho.

Sem isso, o aeroporto continuará fechado a partir das 17h45min, como acontece hoje. Mas para a obra estar completa ainda é necessário mais R$ 1 milhão, que deve vir através da SAC, Secretaria de Aviação Civil, pleiteado pela Prefeitura de Blumenau.

Esse balizamento noturno, já é uma reivindicação de pelo menos 10 anos, que além de dar mais segurança às aeronaves, virou assunto de saúde. Isso porque Blumenau também é referência em transplante de órgãos e muitos deles vem pelo ar. O próprio helicóptero Arcanjo 03, que já salvou tantas vidas, está limitado a trabalhar no período diurno pela falta de balizamento.

 

 

Mas o aeroporto precisa de outras obras, considerados como os três pontos básicos: acercamento, muro e o recapeamento da pista. Quem sabe possamos ter novamente vôos regionais como aconteceu na década de 90, mas para isso é necessária a estrutura adequada.

No aeroclube também opera durante uma semana, a cada 15 dias, uma escola de paraquedismo de São Paulo e outra de ultraleve. Além disso, tem uma empresa de Táxi Aéreo, outra de compartilhamento, um posto de abastecimento de combustíveis, aviões particulares, totalizando 45 aeronaves.

Confira as entrevistas com João Paulo Kleinubing, Andrey Tomazi e um dos tripulantes do Arcanjo 03

 

 

 

Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS