sábado, 27 novembro 2021
InícioEconomiaEndividamento das famílias blumenauenses cai no mês de julho

Endividamento das famílias blumenauenses cai no mês de julho

familia_dividaA Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores de Blumenau de julho de 2014 mantém a tendência apresentada no mês anterior, como leve queda no percentual de famílias endividadas no município: 1,1% a menos na comparação mensal.

A pesquisa, realizada pelo Núcleo de Pesquisas da Fecomércio SC, mostra que o número de famílias com contas em atraso também caiu, de 11,5% para 9,5%. Das que não terão condições de pagar o percentual subiu um pouco, para 1,5%.

O percentual dos muito endividados ficou em 7,3% dos entrevistados. Na faixa dos mais ou menos endividados, o mês de julho apresentou um resultado de 19,1%. Quanto aos pouco endividados, também ficou em 21%. Aqueles que responderam não ter dívidas somam 51,6%.

Em relação aos tipos de dívida, o cartão de crédito continua sendo o principal agente do endividamento na cidade. Ele é responsável pela expressiva maioria das dívidas familiares dos blumenauenses (48,2%). Em segundo, terceiro e quarto lugar aparecem, respectivamente, os financiamentos de carro (37,1%), os carnês (25,5%) e os financiamentos de casa (15,3%).

O tempo médio de comprometimento com dívidas ficou em 7,5 meses – maior que o valor de 7,3 meses verificado mês passado. A parcela da renda das famílias comprometida com dívidas apresentou uma alta, passando de uma média de 28,5% em junho para 31,3% em julho.

Dentre as famílias com contas em atraso, 16% afirmaram que não terão condições de pagar totalmente suas dívidas. Em geral, a média de tempo em dias para quitação das dívidas em atraso ficou em 75,1 dias, tempo menor do que o apurado no mês anterior (77,3).

Em sua análise, a Fecomércio lembra que a queda do percentual de famílias endividadas contribui para a boa condição do endividamento dos blumenauenses. As famílias pouco ou mais ou menos endividadas são preponderantes, e o grau de comprometimento da renda reduzido. Além disso, o percentual de famílias que não irão conseguir pagar suas dívidas futuras é pequeno, o que garante um crescimento das vendas sem perigo para a situação financeira das famílias da cidade.

Síntese dos resultados

Meses
7/13/2014 6/14/2014 7/14/2014
Total de endividadas 42,3% 48,5% 47,4%
Dívidas ou contas em atraso 3,8% 11,5% 9,5%
Não terão condições de pagar 0,0% 0,8% 1,5%

via FECOMÉRCIO

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS