quarta-feira, 22 setembro 2021
InícioSaúdeCoronavírusCovid-19: média de casos novos volta a aumentar com os 114 desta...

Covid-19: média de casos novos volta a aumentar com os 114 desta quinta (12/08)

Atualmente, há 595 pessoas em tratamento, 33 delas em UTI.

De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Promoção da Saúde de Blumenau, nesta quinta-feira (12/08/21) foram registrados 114 casos novos de Covid-19 nos 782 exames realizados pela prefeitura.

Até às 17h, quando o boletim é atualizado, havia 595 pessoas em tratamento (554 em isolamento domiciliar), das quais 56 estavam hospitalizadas, quatro delas consideradas casos suspeitos. Também não foi confirmada nenhuma morte de morador infectado com coronavírus, mantendo os mesmos 615 dos últimos dois dias.

Nas Unidades de Terapia Intensiva, há 33 pacientes, sendo 32 de Blumenau e um da região. A taxa de ocupação nos leitos ativos de UTI COVID está em 50%, um pouco menor do que ontem (11). Os leitos de enfermaria destinados às pessoas com a doença, estão 13% ocupadas, com 13 pacientes de Blumenau e dez de outras localidades.

Nos hospitais, foram realizados 371 atendimentos, sendo que 59 pacientes apresentaram síndrome gripal. A Central de Referência para Casos Suspeitos de Coronavírus do Setor 3 do Parque Vila Germânica, os anexos (Fast-Track) montados nos Ambulatórios Gerais e no Hospital Universitário da Furb, realizaram 530 consultas com 335 coletas de exames para RT-PCR e de Antígeno.

Desde o início da pandemia, foram registradas 63.324 infecções pelo SARS-COV-2, nos 236.552 exames realizados pela prefeitura de Blumenau. A taxa de recuperação está em 98,27%, com 62.114 pessoas consideradas recuperadas da doença, 133 delas somente nas últimas 24 horas.

O índice de cobertura vacinal em Blumenau aumentou para 76,25%, com 275.909 doses aplicadas em uma população estimada em 361.855 habitantes (IBGE 2020). Mas apenas 88.866 pessoas receberam a segunda dose, o que significa 24,56%. Neste total, também estão incluídos aqueles profissionais que trabalham na cidade, mas não moram aqui.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS