terça-feira, 18 maio 2021
InícioSaúdeCoronavírusCovid-19: FURB coloca Hospital Universitário à disposição da prefeitura de Blumenau

Covid-19: FURB coloca Hospital Universitário à disposição da prefeitura de Blumenau

 

 

 

 

Desde sexta-feira (20/03/29), a Universidade Regional de Blumenau (FURB) colocou as dependências de Saúde da instituição à disposição da Prefeitura Municipal de Blumenau, conforme ofício enviado ao prefeito Mário Hildebrandt, pela reitoria Marcia Sardá Espindola.

Por constituir-se como autarquia municipal, a FURB manifestou que principalmente a estrutura do campus 5, no bairro Fortaleza Alta, está apta para necessidades de atendimento e internação da população.

No espaço destinado ao Hospital Universitário, são cinco boxes de observação, com oxigênio na rede. Na Policlínica Universitária está disponível uma sala de emergência e uma sala de inalação, ambas com oxigênio na rede e 19 consultórios com maca.

A equipe da Universidade é composta por quatro enfermeiros, seis técnicos de enfermagem e um auxiliar que podem ser convocados.

A reitora da Universidade Regional de Blumenau (FURB), Marcia Sardá Espindola, informou que os processos de trabalho na Universidade, mesmo sob isolamento dos indivíduos, estão sendo reorganizados para atendimento por meio de ferramentas digitais.

O coordenador do Comitê de Prevenção ao coronavírus COVID-19, vice-reitor João Gurgel, aguarda para esta segunda-feira uma resposta do Conselho Estado de Educação de Santa Catarina, sobre a legalidade da Universidade seguir portaria do Ministério da Educação, permitindo voluntariado aos estudantes de Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Farmácia.

Enquanto isso, uma equipe de especialistas está capacitando os universitários para mediação por tecnologias virtuais. O trabalho intensificará a triagem por telefone e meios digitais, contribuindo para agilidade no fluxo de atendimentos e encaminhamentos. A informação foi divulgada por Roseméri Laurindo, da assessoria de imprensa da FURB.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS