terça-feira, 30 novembro 2021
InícioEconomiaCesta básica teve aumento de 4,83% em 2013, aponta pesquisa da FURB

Cesta básica teve aumento de 4,83% em 2013, aponta pesquisa da FURB

O valor da cesta básica acumulado durante os 12 meses de 2013 foi de 4,83%. Os produtos de panifício foram os que registraram aumento acima da média (+21,47%). 

Este foi um dos resultados do levantamento feito pelo Departamento de Economia do Instituto FURB. Os dados foram divulgados no início deste mês. Os responsáveis pela pesquisa são o professor Jamis Antonio Piazza e o acadêmico Paulo Victor Berri Wilhelm.

Em dezembro, segundo a pesquisa, a alta do valor foi de 1,43%, em relação ao mês anterior, com um custo total de R$ 274,61. A relação do custo da cesta básica com o salário mínimo melhorou. No final de 2012 foi preciso 42,12% de um salário para comprar os produtos e em dezembro de 2013 foram necessários 40,50%.

A pesquisa também apontou alta de 5,5% no Índice de Variação Geral de Preços (IVGP) de Blumenau. Em dezembro o IVGP teve variação de 0,21%. Os 580 itens pesquisados dentro do IVGP estão organizados em 25 grupos. Do total, oito subgrupos registraram alta de preços, nove permaneceram estáveis e outros oito variaram negativamente no mês passado.

As principais variações no custo da cesta básica em dezembro foram:

  • batata inglesa (+11,96%);
  • carne moída 2ª (+7,66%);
  • tomate (+6,02%);
  • óleo de soja (-10,75%);
  • farinha de trigo (-10,20%);
  • leite (-8,81%).

A expectativa é que em janeiro o IVGP fique entre 0,2% e 0,6%.

Confira os principais destaques no acumulado de 2013:

Acima da média:

  • Produto de panifício (+21,47%),
  • alimentos semi-industrializados (+16,24%),
  • fumo (+16,23%),
  • utensílios para lar (+10,77%),
  • alimentos industrializados (+9,64%),
  • serviços de educação (+9,00%) e
  • serviços domésticos (+9,00%).

Abaixo da média:

  • Serviços de recreação (-8,71%),
  • serviços de manutenção de veículos (-5,73%),
  • medicamentos (+1,88%),
  • jornais/revistas (+2,43%),
  • combustíveis/óleo/pneu (+2,54%),
  • autopeças (+3,68%),
  • alimentação fora do lar (+3,90%),
  • gás (+4,17%) e material de construção (+4,26%).

via FURB

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS