sábado, 22 janeiro 2022
InícioGeralZaara e Cabo De Souza: a mais nova dupla de busca e...

Zaara e Cabo De Souza: a mais nova dupla de busca e resgate dos bombeiros de SC

 

Fotos: CBM/SC

Mesmo com o ligamento do joelho rompido e imobilizado em virtude de uma queda, o Cabo De Souza dos bombeiros, insistiu em tentar pela última vez a certificação da cadela Zaara. Pelo regulamento, os dois teriam apenas três chances para completar todas as provas de certificação com êxito e obter o diploma, que atesta a qualidade do cão para ser empregado em operações.

Na situação simulada, um grupo de vinte crianças se perde em um turismo de aventura e algumas ainda precisavam ser localizadas. Durante o dia, a prova de busca tinha que ser realizada em uma área de 30 mil m² em meio a mata fechada. O cão tem que encontrar até três vítimas, mediante um plano de varredura traçado pelo condutor.

 

 

Bastaram apenas cerca de oito minutos para Zaara latir e apontar a primeira vítima. Mas o condutor, deixando-se levar pelo nervosismo acabou insistindo em soltar a cachorra por doze vezes consecutivas para o lado oposto de onde estava a vítima.

Nos últimos quarenta segundos antes de terminar o tempo regulamentar de prova, Zaara, já bastante cansada, latiu localizando a última vítima. Assim ela garantiu o diploma para trabalhar no Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, junto com seu condutor.

 

 

Ao sair da mata, De Souza e Zaara foram recebidos com palmas e felicitações pelas outras duplas, além dos Bombeiros que atuam no suporte do evento. Ao final, o Tenente Coronel Walter Parizotto, que coordena o serviço de cinotecnia do CBMSC parabenizou o desempenho da dupla, especialmente pela abnegação do condutor e pela insistência da cachorra em seguir os comandos mesmo não encontrando a vítima na área apontada pelo condutor.

Apesar dos equívocos, a prova foi concluída com êxito e agora a dupla volta para o quartel de Brusque com certificado para atuar na localização de pessoas, cadáveres e salvamento de vidas. “O treinamento não termina. Precisamos continuar melhorando o desempenho e ajustar alguns equívocos para continuar progredindo”, disse o Cabo De Souza.

 

 

Na quarta-feira (20), quatro duplas foram submetidos às provas de busca. Destes, somente dois conseguiram a certificação, sendo: o Soldado Rangel e o cão Barney, de Lages, que ainda estavam com o diploma dentro do prazo de validade e foram recertificados por mais dois anos, e o binômio Zaara e Cabo De Souza de Brusque, que certificaram pela primeira vez. Os binômios Soldado Alves e a cadela Brida e Soldado Berzotti e a cadela Kyra, ambos do Paraná não conseguiram completar a prova no tempo regulamentado.

Dos doze binômios que iniciaram essa certificação, três ainda faltam ser submetidos às provas de busca diurna que acontecem nesta sexta-feira (21). Se todos passarem, o Corpo de Bombeiros Militar passa a contar com oito binômios certificados.

 

 

Com informações de Krislei Oechsler [CBM/SC]

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS