terça-feira, 13 abril 2021
Início Geral Uma família blumenauense cujo trisavô era capitão de infantaria do exército prussiano

Uma família blumenauense cujo trisavô era capitão de infantaria do exército prussiano

Foto de Gustav Friedrich Labes em 1849, capitão de infantaria do exército prussiano, usando seu traje militar de gala (Waffenrock).

Essa é mais uma dessas interessantes histórias dos descendentes que vieram para Blumenau. O texto foi extraído do Grupo Antigamente Blumenau, descrito por Renato Pimazzoni, retratando uma parte da genealogia da família Labes, e como alguns membros fizeram parte da história bélica alemã. Me dei a liberdade de corrigir a gramática e pontuação em alguns trechos, mas deixei o texto praticamente intacto.

Meu trisavô, o imigrante Gustav Friedrich Labes (Görlitz, 1 junho 1824 – Blumenau, 5 janeiro 1878) , capitão de infantaria do exército prussiano. O retrato foi feito em 1849, e ele usava seu traje militar de gala (Waffenrock).

Por parte de pai, familia de tradição militar da Saxônia. Sua irmã Bertha casou-se com um primo, da Familia von Alten (300 anos de serviço militar na Saxônia e na Prússia), o unico filho do casal, que se casou com uma judia (na época), também chegamdp ao posto de General. Ele escrevei um dos livros até hoje usado nas escolas militares pelo mundo, sobre estratégia de guerra.

Por parte de mãe, familia de tradição como professores universitários e de pastores luteranos, na Saxônia. Imigrado em 1858 com a esposa Friederike Kunitz, gravida de seu primeiro filho – Augusto Labes, nascido na colônia Blumenau – a cunhada viuva Auguste (Kunitz) Schneider com o filho Ernst, de 3 anos (radicados em itoupava Rega, atual Vila Itoupava, casado na colônia com Wilhelmine Voigtländer, filha do imigrante Wilhelm Voigtländer, de larga descendencia em pomerode e Blumenau).

Foi membro ativo na administração da colônia, apoiando Dr. Blumenau e os demais membros do Kulturverein. É deles que todos os LABES descendem no Brasil (e os descendentes de Hartwig Rischbieter).

Texto original foi extraído do Grupo Familia Labes

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS