sexta-feira, 3 dezembro 2021
InícioGeralSolidariedade contagia servidores das comarcas de Taió e Navegantes neste fim de ano

Solidariedade contagia servidores das comarcas de Taió e Navegantes neste fim de ano

 

Fotos: Divulgação/Comarcas

Servidores da comarca de Taió, com o apoio da sociedade, arrecadaram alimentos, brinquedos, roupas, calçados e fraldas que começam a ser doados às famílias carentes, envolvidas em demandas judiciais. Foi o caso de um pai que conseguiu recuperar a guarda dos filhos pequenos que estavam acolhidos na Casa Lar de Taió.

Uma decisão judicial determinou que as crianças voltassem a conviver com o pai. Apesar de poucos recursos financeiros, ele não mediu esforços para recuperar a guarda dos filhos, fato que sensibilizou os servidores e equipe técnica envolvida. A assistente social forense, Beatriz Bertoli, destacou que a força de vontade dele e o carinho que demonstrava ter pelos filhos despertou em todos a vontade de ajudar aquela família.

 

 

Outra família selecionada está envolvida em ação judicial de medicamentos, por causa de uma gravidez de alto risco. A servidora Lidiane Leite, oficiala da Infância e Juventude, que também é conciliadora nas audiências de Família, identificou a carência de algumas famílias durante as audiências, principalmente quando envolvia investigação de paternidade, guarda e alimentos. Ela acrescenta que por trás do trabalho e das decisões judiciais, existem pessoas que se solidarizam com as realidades do cotidiano.

“No momento da audiência, as partes deixam transparecer muitas dificuldades enfrentadas na rotina da família, inclusive com relação aos filhos. Não se trata apenas de carência material, mas também carência moral e psicológica. Nosso papel, enquanto servidor público do judiciário, pode ir além de uma palavra em conformidade com a lei, ampliada para um gesto de doação que transmita paz e amor”, ressaltou Lidiane.

 

 

 

Nesta semana, colaboradores do Poder Judiciário e do Cartório de Registro Civil e de Imóveis de Navegantes uniram-se para fazer a diferença no Natal de 64 idosos acolhidos no Lar de Idosos Divina Providência. Foram doados itens para higiene pessoal, material de limpeza e fraldas geriátricas diretamente para a instituição.

Na ocasião também foram servidos bolos para os idosos presentes. “Com essa ação, magistrados, servidores, terceirizados e estagiários do Fórum de Navegantes desejam avivar o espírito natalino e trazer um pouco de alegria àqueles que contribuíram tanto para o município”, explica a servidora Mariandréa Oliveira Iaquinto, chefe de secretaria do Foro.

Fonte: Tribunal de Justiça de SC

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS