segunda-feira, 20 setembro 2021
InícioPrefeituraPrefeitura pleiteia financiamento de R$ 160 milhões com o Banco do Brasil

Prefeitura pleiteia financiamento de R$ 160 milhões com o Banco do Brasil

Recurso possibilitaria novas obras de mobilidade, investimento na saúde e em contenções.

Foi apresentado pelo prefeito Mário Hildebrandt na sessão na Câmara de Vereadores nesta terça-feira (10/08/21), um projeto de lei do município pleiteando um recurso no valor de R$ 160 milhões junto ao Banco do Brasil. Com o investimento a Prefeitura ganharia novo fôlego financeiro para atender uma série de demandas reprimidas como reformas de pontes, pavimentações, contenções, além de obras na área da saúde.

Este seria um segundo pacote financiado pelo Banco do Brasil para a cidade, já que no ano de 2020 o município assegurou um recurso no valor de R$ 80 milhões, que tem viabilizado diversas obras públicas como as melhorias nos quatro ZEIS (Zonas Especiais de Interesse Social), além do pacote de revitalização que tem proporcionado a requalificação do pavimento nos 33 principais corredores de serviço da cidade, entre outras benfeitorias, como o impulsionamento do Programa de Mutirão.

“Não existe gestão sem planejamento! Nestes três anos que estou à frente da Prefeitura planejamos muito. E é por isso que muitas obras já estão acontecendo na cidade e seguimos trabalhando para que outras aconteçam. Se o município não consegue com recursos próprios realizar as melhorias que a cidade precisa, é minha função enquanto gestor buscar outras fontes financeiras e linhas de crédito para que Blumenau continue evoluindo e crescendo. Temos demandas em todas as áreas e o que a comunidade espera do Poder Público é a proatividade de buscar soluções para essas necessidades. E isso é o que estamos buscando com este novo financiamento”, salienta o prefeito Mário Hildebrandt.

Entre as benfeitorias que a Prefeitura poderá viabilizar a partir deste financiamento via Banco do Brasil, estão a reforma da Ponte Adolfo Konder, o Parque Linear da Margem Esquerda, a revitalização da Rua Erwin Manske, a conclusão do Terminal Oeste, além das pavimentações da Rua Francisco Vahldieck e da Rua 4 de Fevereiro (Morro da Goiaba), entre outras obras de contenções e o impulsionamento ao Programa de Mutirão.

Além destes investimentos, a nova linha de crédito permitirá também avanços na área da saúde na ordem R$ 7 milhões, como a construção do novo ambulatório geral do Badenfurt e do novo ESF Franz Zimdars, na Itoupava Rega.

O financiamento pleiteado no valor de R$ 160 milhões tem um prazo de 120 meses, com carência de 12 meses. A taxa de juros anual é de 120% do CDI, que equivale a 4,98% ao ano.

Outros projetos de lei

O prefeito Mário Hildebrandt aproveitou a oportunidade na sessão da Câmara de Vereadores para apresentar alguns projetos de lei de suplementação orçamentária como por exemplo R$ 450 mil de concessão e auxilio a entidades; dotações de folha de pagamento das secretarias no valor de R$ 6,3 milhões; folha salarial e investimentos na Secretaria de Educação na ordem de R$ 46 milhões; contrapartidas da Secretaria de Obras no valor de R$ 600 mil; R$ 7,2 milhões para manutenções de vias; mais R$ 310 mil destinado ao Cepread, além da R$ 10 milhões de subsídio a Blumob. Outro projeto de lei também apresenta o valor R$ 133 mil como contrapartida do Salão Kunze.

Vale ressaltar que a suplementação orçamentária da Prefeitura de Blumenau não condiz com aumento ou redução no orçamento da área, ma sim, a realocação do recurso de um local para atender outra determinada área.

Fonte: Prefeitura de Blumenau 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS