quinta-feira, 2 dezembro 2021
InícioGeralPrefeito pede para secretário de saúde um aumento de 50% no repasse...

Prefeito pede para secretário de saúde um aumento de 50% no repasse anual ao Hospital Santo Antônio

 

 

 

Foto: Karolina Bonin

 

O Prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt se reuniu na tarde desta quarta-feira (11/03/20) com o Secretário Estadual de Saúde, Helton Zeferino, em Florianópolis. Ele estava acompanhado do Presidente do Conselho do Hospital Santo Antônio, Jorge Cenci; do Secretário Municipal de Saúde, Winnetou Krambeck, além do Deputado Estadual Ivan Naatz, responsável pela intermediação do encontro. O Prefeito de Indaial, André Moser, também participou da reunião e apresentou as demandas do seu município.

O secretário Zeferino foi informado sobre a atual situação do Hospital Santo Antônio e foi solicitado um aumento no repasse mensal feito pelo Estado, que para esse ano está previsto em R$ 835. Atualmente a unidade de saúde cumpre  atende pacientes de todo o Vale, atuando um hospital regional.

“O Secretário nos disse que não há perspectiva de ajudar o Hospital nesse momento. O que sugeri e me comprometi enquanto Cidade a fazer é: se o estado aumentar em 50% o repasse atual para o Hospital Santo Antônio a prefeitura de Blumenau também o fará. Mesmo enfrentando dificuldades financeiras e orçamentárias e cientes de que não é nosso dever enquanto Município, tomo essa decisão de gestão por entender a importância que o Hospital tem para nossa Comunidade”, disse Hildebrandt.

Hoje o repasse anual de subvenção da prefeitura de Blumenau é de R$ 5,44 milhões, dividido em parcelas mensais de R$ 454 mil. Com o aumento, se o estado cumprir com sua parte e também aumentar o convênio com o hospital, o repasse municipal passará a ser de R$ 8,56 milhões.

O governo do estado ficou de dar um retorno sobre a proposta em até 30 dias. O deputado Ivan Naatz acompanhará o andamento do processo e fará a cobrança do secretário.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS