terça-feira, 25 janeiro 2022
InícioGeralOperação Midas: mais de 50 pessoas são presas pela Polícia Civil em...

Operação Midas: mais de 50 pessoas são presas pela Polícia Civil em Santa Catarina

Na manhã de quarta-feira (26/09/18) foram cumpridos 45 mandados de busca e apreensão e 55 mandados de prisão, nas 23 regionais da Polícia Civil de Santa Catarina. As ações fazem parte da Operação Midas, coordenada pelo Ministério da Justiça.

O foco da operação foi nos crimes de roubo e latrocínio, ou seja, crime patrimonial com violência ou grave ameaça e resultado morte, tentado e consumado. Todo o trabalho está sendo monitorado do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), em Brasília.

 

 

Em Blumenau, a Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão por tráfico de drogas contra Clovis Telles, de 35 anos, localizado na Rua Dr. Henrique Hacker, no bairro Ribeirão Fresco. Também foram realizadas diligências nos bairros Itoupava Central e Itoupava Norte.

 

 

Midas, referência metafórica ao conto do rei que tocava nas coisas e transformava em ouro, é a terceira operação realizada a partir de uma parceria com as polícias estaduais e coordenada pelo Ministério da Segurança, no âmbito do Sistema Único de Segurança Pública (Susp). Ela é realizada simultaneamente por polícias civis do Distrito Federal e 25 estados e conta com a participação de mais de 8 mil policiais civis.

Até às 17h de quarta-feira (26), foram presos 1.496 adultos e apreendidos 109 adolescentes em todo o País. Também foram apreendidas 88 armas de fogo e recuperados 75 veículos. Os números finais serão divulgados na sexta-feira (28).

O delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Dr. Luiz Ângelo Moreira, responsável pela coordenação estadual da Operação Midas, destaca que o cumprimento desses mandados é diário e não cessa. “A Polícia Civil de Santa Catarina está permanentemente em campo para dar segurança à sociedade e retirar esses criminosos das ruas. O que houve nesta quarta-feira, e prossegue na quinta, é uma concentração de esforços a nível nacional no cumprimento desses mandados”.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS