terça-feira, 11 maio 2021
Início Economia ONG de inclusão digital catarinense recolhe 700 toneladas de lixo de informática...

ONG de inclusão digital catarinense recolhe 700 toneladas de lixo de informática em 2013

Equipamento de informática usadoNo ano de 2013, o Comitê para Democratização da Informática de Santa Catarina (CDI-SC) recolheu 700 toneladas de lixo eletrônico de informática com o projeto Reciclatec. Deste montante foram reaproveitados cerca de 2000 computadores que foram consertados e reutilizados para renovar os 43 laboratórios que o Comitê mantém em 20 municípios no estado. Do total, 453 máquinas foram doadas para escolas, Organizações Sociais e alunos que se formaram no Projeto Fênix – curso gratuito de montagem e manutenção de computadores oferecido pela ONG, patrocinado pela Petrobrás.

Apenas 12% do que é arrecadado é reutilizado pelo CDI-SC, o restante é desmontado, separado e vendido para empresas especializadas na reciclagem de cobre, alumínio, plástico, entre outros. Os monitores e placas, que possuem componentes tóxicos, são encaminhados para uma empresa na Alemanha que trabalha com esse tipo de desmonte. Toda a cadeia tem Certificação Ambiental.

Uma parte do que o CDI-SC recolhe de lixo eletrônico vem de parcerias com empresas e órgãos públicos no estado de Santa Catarina. Cada vez que renovam seus equipamentos de informática, elas doam os antigos para o Comitê. Além disso, há 38 pontos de coleta (18 criados durante 2013) espalhados na Grande Florianópolis, onde a população pode deixar aparelhos que não utilizem mais. Toda a triagem é feita no Centro de Recuperação e Destinação dos Resíduos Tecnológicos (CERTEC), na Palhoça.

“Além de construir uma infraestrutura para inclusão digital, o CDI-SC procura conscientizar a população em geral sobre os prejuízos que os materiais tóxicos presentes em computadores podem causar no meio ambiente e na saúde das pessoas” explica o presidente executivo do Comitê Heitor Blum S. Thiago. Para ensinar mais sobre o descarte correto, a ONG promove o evento Cidade Melhor, com atividades educativas e exposições de outras entidades que trabalhem com reciclagem. Para 2014 estão previstos mais duas edições.

E-Lixo

via FAPESC

 

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS