sexta-feira, 21 janeiro 2022
InícioArtigoO valor das coisas... e dos serviços?

O valor das coisas… e dos serviços?

Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

 

Por *Susane Bohmann | Médica Veterinária

O ator Pedro Cardoso, em entrevista à Lázaro Ramos, comenta em um vídeo que está circulando pela internet sobre o valor do trabalho. No trecho, Pedro faz uma análise do pensamento pequeno-burguês brasileiro, que deixa de valorizar o trabalho e o ser humano para valorizar os bens materiais, herança de uma sociedade que se desenvolveu em meio à escravidão.

Cita o exemplo de que uma pessoa é capaz de pagar um milhão de reais por um apartamento, mas acha um absurdo cobrarem cinco mil para pintar esse mesmo apartamento e continua – a coisa se paga, pessoas e seu trabalho não se paga. Somos um país com enorme dificuldade em aceitar o valor do trabalho e pelo ponto de vista do ator, herança remanescente de séculos de trabalho escravo.

Essa reflexão foi interessante e pode ser um fator para não acharmos caro uma televisão, mas acharmos caro uma cirurgia com o mesmo preço. O investimento por trás de uma cirurgia é alto (considerando os equipamentos e todo o estudo), mas na hora de colocar valores em jogo, os clientes só conseguem discernir entre o que é palpável.

Essa reflexão é válida e sempre que quisermos questionar o preço de alguém, em qualquer área, devemos lembrar que a pessoa sabe o quanto seu serviço vale, nós é que devemos aprender a analisar e nos educar a transcender esse impulso de desmerecer quando o serviço prestado.

 

* Susane Bohmann (CRMV – SC 7779) é médica veterinária formada no Instituto Federal Catarinense (campus Araquari) e Pós-Graduanda em Oftalmologia Veterinária pela ANCLIVEPA (SP). Ela atende na Argos Clínica Veterinária, localizada na Rua Gustavo Zimmermann, nº 5.311, bairro Itoupava Central.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS