Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Mulher de 61 anos cai no golpe do bilhete premiado e perde R$ 7 mil em Blumenau

 

 

 

Foto: Cristiano Estrela [Secom/SC]

 

Infelizmente mais uma idosa caiu no golpe do bilhete premiado no final da manhã desta segunda-feira (27/04/20) em Blumenau. Tudo começou quando a vítima de 61 anos caminhava pela Rua Francisco Vahldieck, e ao chegar em frente ao estacionamento do Supermercado Galegão, uma mulher com aparência jovem a abordou perguntando se conhecia algum lugar que confeccionavam cortinas de casa.

A idosa disse que não. Neste momento chegou um homem com camisa social, aparentando ter entre 30 a 35 anos, perguntando se elas precisavam de ajuda. Foi a deixa para a mulher dizer que tinha um bilhete premiado da Caixa Econômica no valor de R$ 30 milhões. Para conseguir credibilidade, ela ligou para um suposto funcionário que teria confirmado os números sorteados.

A golpista disse que tinha perdido os documentos necessários para retirar o dinheiro. O homem então sugeriu para idosa se ela queria ajudar a mulher a retirar o dinheiro e ganhar R$ 150 mil. Mas teria que dar uma garantia de R$ 30 mil.

O três se dirigiram até uma agência da Viacredi localizada na Rua Francisco Vahldieck, no bairro Fortaleza. Ele estacionou o carro na frente de um posto de combustíveis próximo da agência, de onde a vítima sacou R$ 7 mil em dinheiro.

A comparsa questionou sobre os outros R$ 3 mil, já que segundo ela, o combinado seriam R$ 10 mil. Os três se deslocaram então até outra agência da Viacredi, esta outra na Rua Júlio Michel, onde o homem estacionou o veículo na Rua 3 de Julho, depois obrigou a idosa a deixar seu celular no veículo.

Dentro do banco, a vítima começou a desconfiar, disse o que estava acontecendo a um funcionário, e percebeu que foi vítima do golpe do bilhete premiado. Ao voltar ao local onde foi estacionado o veículo, os golpistas não estavam mais lá. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu identificar por câmeras de videomonitoramento que se tratava de um automóvel VW Polo Preto, mas não foi possível ver as placas.

Segundo dados passados aos policiais, a golpista vestia uma blusa vermelha de manga comprida, calça preta, usava máscara de proteção preta e tinha cabelo castanho. Já o bandido, trajava camisa social preta com bolinhas, calça jeans, máscara azul claro, cabelos pretos e barba meio amarelada e branca.

comentários

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top