Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Monumentos ganham máscaras em época de pandemia em Blumenau

 

 

 

 

Fotos: Divulgação / SMC

Andando pela região central de Blumenau, muitas pessoas devem ter percebido monumentos com máscaras de proteção. A iniciativa foi do mediador social e cultural Iberson da Silva, que mantém o Instagram @Blumenauhoje. O trabalho foi conduzido nesta segunda-feira (27/04/20), pelas secretarias de Cultura e Relações Institucionais e Conservação e Manutenção Urbana.

A proposta de chamar a atenção da população sobre o uso da máscara utilizando os suportes de monumentos vem ganhando forma em todo o mundo. “É preciso lembrar a obrigatoriedade e esperamos sensibilizar a comunidade blumenauense da proteção para sí e também para os outros. Agradecemos a parceria do Iberson que nos procurou com essa idéia”, comentou o secretário de Cultura Rodrigo Ramos.

“É simbólico sabemos, mas o objetivo é justamente o de demonstrarmos a importância do uso das máscaras. Nossa história enquanto cidade é de vencer batalhas e crises e juntos tenho certeza que passaremos também pelo Coronavírus. A máscara é fundamental nessa guerra contra o Covid e nada mais justo que vestirmos também quem tanto já fez por nossa Blumenau”, comentou o prefeito Mário Hildebrandt.

Os monumentos que receberam máscaras foram as estátuas do Dr. Hermann Otto Blumenau (fundador da cidade no Mausoléu), Edith Gaertner, Cemitério de Gatos, Manneken Pis, Alwin Schrader, Fritz Müller, Olavo Bilac, Victor Konder, Voluntários da Pátria, Monumento ao Estudante, Martinho Lutero (autorizado pela Igreja Luterana), Padre José Maria Jacobs (autorizado pela Catedral), Carlos Gomes e Índio Peri (autorizados pelo Teatro Carlos Gomes).

Com informações de Sérgio Antonello (SECOM/BNU)

 

comentários

Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

Posts relacionados

*

*

Top