terça-feira, 30 novembro 2021
InícioEventosMomentos da posse histórica da primeira reitora da Furb, em 54 anos...

Momentos da posse histórica da primeira reitora da Furb, em 54 anos de história

 

Por Claus Jensen, com fotos de Marlise Cardoso Jensen

Márcia Cristina Sardá Espíndola e João Luiz Gurgel Calvet da Silveira foram empossados oficialmente na noite de quinta-feira (31/01/19), como reitora e vice-reitor, da Universidade Regional de Blumenau (FURB). A cerimônia ocorreu no auditório Heinz Geyer do Teatro Carlos Gomes, em Blumenau, e reuniu autoridades locais, regionais e nacionais, além da comunidade em geral e a acadêmica. Em seguida, alguns convidados foram recepcionados para um jantar no Salão Cristal, em frente ao auditório.

 

 

A cerimônia de posse foi conduzida pelo prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, que também é o chanceler da FURB, por ser uma autarquia municipal. A solenidade teve início com a apresentação musical da Orquestra de Cordas da Universidade. Um quinteto da Orquestra foi responsável pela execução do Hino Nacional.

O então reitor da FURB, João Natel Pollonio Machado, que ficou à frente da Instituição por oito anos, fez um discurso resgatando as realizações neste período, destacando a diversidade e qualidade de ensino, pesquisa e extensão que a Universidade oferece. “Fora dela (FURB), serei um eterno defensor da Instituição. Porque a relação minha e de todos aqui é intensa e duradoura”, disse. Em determinado momento mencionou dois casos interessantes.

O primeiro foi de uma formanda de direito que nasceu com má-formação congênita, razão pela qual não tem os membros superiores e apresenta problemas de desenvolvimento na perna esquerda. Ele destacou a acessibilidade que a universidade oferece. Depois do caso de uma indígena Laklãnõ/Xokleng, que se formou com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de sua comunidade. Nesse caso, do papel da universidade em exercer papel de mudanças em diferentes culturas.

Após a troca das vestes estalares – ato padrão na cerimônia de posse em universidade – a reitora recém-empossada foi saudada pela plateia de pé, com muitas palmas. Em seu primeiro discurso, Márcia fez referência à posse de reitores anteriores. “Nestes 54 anos da FURB, 11 reitores já tomaram posse. E hoje, não estamos na solenidade do décimo segundo reitor, mas na solenidade de posse da primeira reitora da Universidade Regional de Blumenau”, lembrou sendo aplaudida mais uma vez pela plateia. Ela falou de alguns projetos que pretende implantar, salientando a relação com a comunidade externa e com outras universidades, além dos poderes públicos.

A reitora Márcia C. Sardá Espíndola é natural de Otacílio Costa, e tem 46 anos de idade. Em seu discurso lembrou de quando veio morar com o irmão mais velho em Blumenau, quando estudou na Etevi. Mais tarde se formou em Arquitetura e Urbanismo da Furb, além de ser funcionária da universidade há 29 anos. Depois agradeceu ao marido e filho, pela compreensão nas horas ausentes, consumidas pelo trabalho na Furb, que aumentará com o novo desafio que assumiu.

Em sua fala, o prefeito Mario Hildebrandt, destacou o papel da Furb em sua vida. Ele se formou em dois cursos – “Administração de Empresas” e “Serviços Sociais” – além de conhecer a esposa, com quem teve duas filhas. O chefe do executivo encerrou a solenidade lembrados dos muitos desafios estão à espera da nova gestão. “Estamos à disposição da Universidade, respeitando e compreendendo a autonomia de gestão, mas entendendo que a Universidade e prefeitura não devem caminhar separadas”, disse.

Vale destacar a presença do ex-prefeito Victor Fernando Sasse, que tem uma ligação profunda de muitos anos com a Furb. Faz parte do universitário e um dos mais antigos que ainda faz parte da universidade.

Márcia e Gurgel foram eleitos pela comunidade universitária em outubro do ano passado e ficarão no cargo durante 5 anos, que compreende o período de 2019 a 2023. No primeiro dia de trabalho, sexta-feira, 1 de fevereiro, a equipe diretiva da nova gestão teve uma coletiva de imprensa.

Em uma entrevista coletiva no dia seguinte, na sexta-feira, disse que entre as prioridades a curto prazo, está o Centro de Acolhimento ao Estudante. O objetivo é entender melhor a sua demanda e oferecer um atendimento integrado. “Além disso, queremos lançar 40 cursos de pós-graduação ainda no primeiro semestre”, completou Sardá.

Ela alertou que pode haver enxugamento da estrutura. Como houve redução no número de alunos, também diminui o de professores, atendendo a mesma proporção. Depois de uma ampla discussão com a comunidade, há intenção de mudar o estatuto, completou Sardá.

Confira o vídeo que mostra todos os momentos da posse. Em seguida, algumas fotos.

 

 

 

Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS