domingo, 16 maio 2021
Início Geral Justiça orienta professores no Alto Vale para saber ouvir jovens vítimas de...

Justiça orienta professores no Alto Vale para saber ouvir jovens vítimas de abusos

 

 

 

A comarca de Rio do Campo, no Alto Vale do Itajaí, realizou diversas atividades em maio para marcar a passagem do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infantil, registrado no dia 18. A oficial da Infância e Juventude Méri Luci Bodemüller, visitou escolas municipais e estaduais da cidade e também do município de Santa Terezinha para conversar com os professores sobre o assunto.

“O vínculo e a confiança que os alunos depositam nos professores, torna-os peças-chave no momento em que o jovem, que supostamente passa por uma situação de abuso sexual, faz a revelação. Além de ficarem atentos às mudanças abruptas no comportamento e queda no rendimento escolar, orientamos os professores como proceder diante dessa revelação, principalmente após a implantação do depoimento especial na comarca”, explica Méri Bodemüller.

Os professores foram orientados a acolher este aluno em local adequado e apenas ouvir com atenção o que ele tem a revelar, mas evitar questionamentos invasivos e desnecessários, que podem causar danos secundários (revitimização) e até contaminar a memória da criança ou adolescente. Após este acolhimento inicial, os mestres devem encaminhar as vítimas aos órgãos de proteção (Conselho Tutelar, Polícia Civil, Creas, Ministério Público, Varas da Infância e Juventude, Disque 100). Méri fala com conhecimento de causa pois, desde que a comarca adaptou-se à obrigatoriedade do depoimento especial, após a edição da Lei n. 13.431/2017, ela é responsável pelo procedimento, capacitada pela Academia Judicial.

Fonte: Tribunal de Justiça de SC

 

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS