segunda-feira, 25 outubro 2021
InícioGeralEx-jogador de futebol é condenado a sete anos de prisão pela morte...

Ex-jogador de futebol é condenado a sete anos de prisão pela morte de três pessoas

figueirense-dudu-futebol

Eduardo Francisco da Silva Neto, ex-jogador do Figueirense conhecido como “Dudu”, foi condenado nesta quarta-feira (17/02/16), pelo Tribunal do Júri da Comarca da Capital, pelo homicídio de três pessoas. O jogador provocou um acidente de carro, em junho de 2010, que causou a morte de três passageiros, em Florianópolis.

O acidente aconteceu de madrugada, na Via Expressa Sul, quando Dudu bateu com o carro em um bloco de concreto. Por causa da batida, o veículo explodiu e três pessoas que estavam no carro com o jogador faleceram. De acordo com o Inquérito Policial que apurou o acidente, o jogador estava sem habilitação para dirigir, em alta velocidade e sob o efeito de álcool.

Os Promotores de Justiça Paulo Andrey Cunha Amorim e Augusto Zanelato representaram o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) perante o Tribunal do Júri. Conforme requeria o Ministério Público, Dudu foi condenado por homicídio com dolo eventual por ter, com o seu comportamento, assumido o risco de produzir as mortes.

A pena aplicada pelo Juízo do Tribunal do Júri da Comarca da Capital foi de sete anos, dois meses e 12 dias de reclusão, em regime inicial semiaberto. Dudu foi condenado, ainda, a pena de seis meses de detenção pelo crime de dirigir veículo sem habilitação. O réu terá direito de recorrer em liberdade. (AP 0031580-53.2011.8.24.0023)

Fonte: Ministério Público de SC

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS