quinta-feira, 21 outubro 2021
InícioGeralEstudo revela que apenas 5% dos hospitais brasileiros têm selo de qualidade

Estudo revela que apenas 5% dos hospitais brasileiros têm selo de qualidade

Hospital_Pulmao-02

Blumenau, porém, destaca-se com hospitais certificados em diferentes áreas, tornando a cidade referência em saúde na região.

Texto: Karin Bendheim

Um estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) apontou que apenas 4,61% dos 6.140 hospitais brasileiros possuem algum tipo de acreditação, uma espécie de chancela que garante que a instituição opera dentro dos padrões estabelecidos de qualidade e segurança. Em Blumenau, o Hospital Dia do Pulmão (HDP), o Hospital Santa Catarina e o Hospital Santo Antônio fazem parte dessa estatística positiva.

Especializado em pneumologia, com atuação também nas áreas de Alergologia, otorrinolaringologia e cirurgia torácica, o Hospital Dia do Pulmão tem serviço de vacinação que é acreditado pela Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm). A instituição é a primeira do município a receber certificação e a quinta em Santa Catarina.

 

Dr-Mauro-Kreibrich_01

O diretor técnico do HDP, Mauro Sérgio Kreibich, explica que a acreditação certifica que a instituição obedece às recomendações federais necessárias e reconhece a excelência dos profissionais que dela participam, de suas instalações, de sua organização administrativa e funcional e da obediência à legislação pertinente em vigência no Brasil. “Este certificado é uma comprovação da qualidade do serviço de imunização oferecido pelo Hospital do Pulmão”, comemora Kreibich.

No Brasil, não há lei que obrigue que as instituições busquem pela certificação, ao contrário do que acontece nos Estados Unidos e Canadá, por exemplo. Lá, governo e seguradoras exigem o selo de garantia com os hospitais que firmam contratos ou parcerias. A certificação deve ser feita por empresas externas que avaliam os processos em um hospital, como prontuários, taxa de infecção e capacitação dos funcionários.

Além do certificado, a sala de vacina do HDP está organizada de acordo com as orientações e normas da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina, que visam garantir a aplicação da vacina (imunobiológico) dentro dos padrões de conservação, armazenagem e manuseio ideais. O espaço tem temperatura ambiente controlada de 18 a 20°C, durante 24 horas, e dispõe de câmaras para armazenagem e conservação de imunobiológicos com bateria autônoma.

Destaca-se ainda o quadro de pessoal com treinamento específico em sala de vacina e a responsabilidade técnica, que está a cargo do pneumopediatra Laerte Alberton e da enfermeira Tatiana Lunelli. “As câmaras de refrigeração com temperatura eletronicamente controlada, inclusive a distância pelo corpo técnico, e a central frigorífica são ainda municiados pelo gerador de energia do HDP, o que garante a conservação das vacinas no padrão necessário à imunização efetiva”, explica Kreibich.

O Hospital Dia do Pulmão também é uma das 12 instituições no Brasil que recebeu a certificação da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT) em Laboratório de Função Pulmonar, sendo a primeira em Santa Catarina. O laboratório realiza exames que permitem o diagnóstico e a quantificação dos distúrbios e doenças respiratórias.

Para esta certificação, os critérios são: equipe médica qualificada presente durante o funcionamento de rotina, disponibilidade de equipamentos que preencham as normas da SBPT/ABNT com disponibilidade de sistema para medida de volumes pulmonares, difusão de CO e teste de Broncoprovocação, além da realização de pelo menos 120 exames por mês.

O laboratório do Hospital do Pulmão realiza exames rotineiros e complexos que permitem o diagnóstico e a quantificação dos distúrbios e doenças respiratórias, com utilização destacada no controle e detecção dos riscos ocupacionais respiratórios.

Dos doze laboratórios brasileiros certificados pela SBPT, todos são ligados a instituições públicas ou de ensino. O Hospital do Pulmão é a única privada. A certificação da SBPT reconhece o laboratório do Hospital Dia do Pulmão como referência também para treinamento de técnicos e aplicação da prova que certifica esses profissionais.

Outros exemplos

O Hospital Santa Catarina é outro exemplo de unidade de saúde certificada na cidade. Entre as certificações, destacam-se a acreditação pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), que tem como objetivo a implantação, em nível nacional, de um processo permanente de melhoria na qualidade da assistência à saúde. O HSC Blumenau também é certificado pela ISO 9001, uma comprovação de qualidade reconhecida internacionalmente.

O Hospital Santo Antônio também é certificado pela ONA e no Programa Alimento Seguro, entre outros.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS