sábado, 31 julho 2021
InícioEducaçãoEducação investe aproximadamente R$ 2 milhões em obras

Educação investe aproximadamente R$ 2 milhões em obras

Parque EBM Alice Thiele

Escolas e centros de educação infantil receberam ao longo deste ano R$1.916.784,42 em investimentos. O montante foi aplicado na realização de obras, reparos e na manutenção de diversas unidades de ensino da rede municipal de Blumenau. Um levantamento realizado pela Secretaria de Educação (Semed) aponta que somente o valor utilizado na conclusão de obras em cinco escolas chega a R$ 1.302.430,07. O restante, R$ 614.354,35, foi utilizado em manutenção e pequenos reparos, alguns deles inclusive emergenciais.

Na Escola Básica Municipal (EBM) Pedro I, no bairro Itoupavazinha, foi aplicado o maior valor. Um aditivo de R$ 596.278,49 garantiu a conclusão dos serviços de reforma geral da unidade, onde são atendidos aproximadamente 600 alunos. Na EBM Professor Rodolfo Hollenweger, situada no Fidélis, o valor necessário para concluir a reforma do colégio e da quadra esportiva foi R$ 457.027,01. Outros R$ 249.124,57 foram aplicados no término das quadras esportivas das EBMs Leoberto Leal, Visconde de Taunay e Quintino Bocaiuva.

Além disso, outras inúmeras pequenas obras, reformas e reparos aconteceram ao longo de 2013 em quase todas as escolas e creches da rede pública municipal. Com investimento na ordem de R$ 614.354,35, a Prefeitura de Blumenau garantiu a segurança e o bem-estar de crianças e profissionais que passam o dia a dia em locais que precisam de medidas urgentes. Deste montante, R$ 321.821,35 foram aplicados em escolas. Já os demais R$ 292.533,00 beneficiaram centros de educação infantil.

A EBM Quintino Bocaiuva é uma das unidades atendidas com estes recursos. A Semed realizou a reforma geral dos dois banheiros localizados no térreo, com um investimento de R$ 28 mil. A obra era uma antiga reivindicação da comunidade e devido aos inúmeros problemas estruturais apresentados, os banheiros estavam interditados há tempos. A EBM Professora Alice Thiele, no Garcia, é outro exemplo. Lá foram aplicados cerca de R$ 75 mil, com obras de drenagem e instalação de cerca.

Na educação infantil, o CEI Professora Marlise Stritthorst Theis foi contemplado com um investimento de R$ 73 mil. O valor foi utilizado para terminar a parte de infraestrura, como mourões, portão, instalação de gás, além da rede elétrica e hidráulica. Já os problemas de goteiras e infiltrações que afetavam um dos prédios do CEI Robert Rudolph Barth, no bairro Itoupavazinha, desde 2009 foram sanados. A unidade recebeu uma reforma do telhado e uma nova pintura em toda a área externa. Um serviço na ordem de R$ 15 mil.

Futuro
Para o próximo ano, a meta da Secretaria Municipal de Educação é reduzir os problemas de infraestrutura das unidades, criar uma nova estrutura de manutenção, melhorar a acessibilidade nas escolas e CEIs, bem como construir novas unidades. Isso porque, no início deste ano, um levantamento feito pela equipe de engenharia da Semed constatou que 70% da rede municipal de Educação apresentava problemas de infraestrutura, principalmente, nas questões de cobertura, elétrica, hidráulica e esgoto. Com os dados em mãos, por escassez de recursos, foram elencadas por ordem de segurança dos alunos e funcionários as escolas e CEIs a serem atendidas.

Além disso, inúmeras obras foram cadastradas junto ao Governo Federal. Na educação infantil, o objetivo é conquistar recursos para a construção de seis CEIs e para ampliação de outros dois. Juntas as obras somam um valor superior a R$ 6 milhões e podem garantir a abertura de 840 novas vagas. Para o ensino fundamental, são nove escolas cadastradas para reforma, num montante que ultrapassa os R$ 10 milhões. A EBM Lauro Müller é uma delas. Se aprovados e liberados os recursos, além de uma reforma a unidade receberá também uma quadra coberta com vestiário, na ordem de R$ 500 mil. Outra expectativa é quanto ao Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), que a Prefeitura conquistou junto ao Ministério do Esporte. O ginásio poliesportivo será instalado no terreno da Escola Básica Municipal Paulina Wagner e está orçado em aproximadamente R$ 2,5 milhões.

via PMB | Texto: Talita Catie

Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS