terça-feira, 13 abril 2021
Início Geral Dupla de pesquisadores da Engenharia Ambiental realiza missão técnica na Europa

Dupla de pesquisadores da Engenharia Ambiental realiza missão técnica na Europa

engenharia ambiental - foto walter schaffer

O professor doutor Adilson Pinheiro e o bolsista pesquisador Vander Kaufmann, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental da FURB, acabam de retornar de missão técnica na França, Alemanha e Holanda, onde avançaram em projeto de cooperação internacional que pretende compartilhar experimentos para o estudo de processos hidrológicos, com o objetivo de aumentar a precisão na coleta de dados como precipitação, escoamentos, meteorologia, qualidade das águas e concentrações de sedimentos em bacias hidrográficas. A dupla visitou institutos de pesquisa, empresas e universidades, onde também apresentou alguns dos trabalhos que desenvolve no Brasil.

Desde o começo do ano, Pinheiro e Kaufmann trabalham em parceria na pesquisa “Transporte de hormônios e de antibióticos em áreas de aplicação de dejetos líquidos da suinocultura”. Financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina(Fapesc), o projeto tem como objetivo avaliar como medicamentos como antibióticos e hormônios aplicados em suínos na agroindústria da região da bacia do Ribeirão Concórdia, no Oeste de Santa Catarina, afetam a qualidade do solo agrícola e das águas superficiais e subterrâneas.

Na Alemanha, a dupla pôde se aprofundar no estudo de um dos principais equipamentos utilizados nas pesquisas no Brasil, os lisímetros, instrumentos de alta precisão que medem a perda de água do solo pela evaporação e de plantas pela transpiração. Em Falkenberg, na Alemanha, Pinheiro e Kaufmann visitaram a Universidade de Halle, onde conheceram estações com lisímetros utilizados em uma série de pesquisas. Na instituição, foi proposto um estudo comparativo com o que é realizado em Concórdia e a produção de um abstract, em parceria com os professores Ralph Meissner e Heinz Borg, a ser apresentado em congresso mundial na Coreia, no ano que vem.

“A missão foi de extrema importância devido aos novos contatos realizados no Instituto de Pesquisa para o Desenvolvimento e o Instituto Nacional de Pesquisa Agronômica, ambos na França, e o conhecimento dos lisímetros instalados para estudos de processos hidrológicos em florestas implantadas e para diferentes tipos de espécies de plantas, bem como para o estudo de transporte de poluentes”, explica o professor Pinheiro.

Na foto acima, publicada no jornal alemão Volksstimme, da direita para a esquerda: Pinheiro, Kaufmann e os professores Borg e Meissner, da Universidade de Halle, na Alemanha.

Fonte: FURB

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS