quinta-feira, 23 setembro 2021
InícioEducaçãoDicas para ajudar na escolha da profissão

Dicas para ajudar na escolha da profissão

Debora-Cristina-Dica-profissao_Margarida
Psicóloga do Programa de Orientação Profissional (POP) da Escola Barão do Rio Branco, Débora Cristina Margarida (CRP – 12/02350).

Estudantes participam do vestibular no meio do ano como um teste para auxiliar na escolha profissional

Com a proximidade do meio do ano muitos estudantes já se preparam para os vestibulares ou para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Mas nem todos os jovens consideram fácil responder a pergunta: “O que você quer ser quando crescer?”. A psicóloga do Programa de Orientação Profissional (POP) da Escola Barão do Rio Branco, Débora Cristina Margarida, afirma que muitos estudantes ficam confusos em ter que optar entre atividades que se gosta ou escolher profissões mais lucrativas.

A especialista relembra que não existem fórmulas mágicas na decisão, mas que alguns pontos podem ser levados em consideração para auxiliar na opção dos estudantes. “O primeiro passo é buscar por um atendimento de Orientação Profissional, uma técnica que oferece recursos específicos para a construção do perfil profissional do estudante”, explica.

Débora afirma que os estudantes podem optar por seguir carreira em áreas que tenham mais afinidade e para isso é necessário ficar atento se o curso de sua escolha corresponde à opção profissional adequada. “A função do orientador profissional é proporcionar a adequação do perfil pessoal ao profissional para poder estruturar essa escolha de forma consciente”. A psicóloga ainda relembra que o estudante também pode levar em consideração as habilidades desenvolvidas ao longo dos anos. “Neste caso, não há necessidade que exista relação entre talento e curso. Favorece, se existir”, finaliza.

Vestibular como teste

Dica-profissao_Amanda-Liotto-PedrelliPara auxiliar na escolha da profissão e ainda realizar um teste para o vestibular de “Verão”, alguns estudantes da Escola Barão já se preparam para as provas que serão realizadas na metade de 2014. Estes jovens que “treinam” para o vestibular são chamados “treineiros”. Amanda Liotto Pedrelli de 16 anos está na 3ª série do Ensino Médio e só irá tentar a entrada na universidade no fim de 2014, mas já se prepara para as provas do vestibular de medicina do meio do ano. “Acredito que fazer a prova agora ajudará muito mais tarde, pois assim já terei conhecimento de como funciona o vestibular em si e quais os tipos de questões mais abordadas”, afirma a estudante.

Mais dicas

  • Os estudantes que não contam com um programa de orientação para a escolha da profissão podem seguir mais dicas da psicóloga Débora Cristina Margarida:
  • Verificar características pessoais que se assemelham ao perfil do curso pretendido;
  • Conhecer as disciplinas do curso e procurar identificar sua afinidade;
  • Saber se o curso de sua escolha é oferecido na universidade da cidade em que reside, ou proximidade. Caso não, se é viável à família custear os estudos em outro local;
  • Conhecer o campo de atuação profissional;
  • Saber um pouco mais sobre o mercado de trabalho através da escola em que estuda, sites especializados em profissões, revistas, jornais e conversa com profissionais das áreas de interesse;
  • Verificar o perfil que o mercado espera, como um trabalhador empreendedor, pró-ativo, criativo, ter conhecimento diversificado e etc;
  • Pensar no futuro profissional e identificar se esse campo de atuação manterá boas perspectivas de trabalho.

Texto: Martha Kienast | Fotos: Divulgação Escola Barão do Rio Branco.


O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS