sexta-feira, 28 janeiro 2022
InícioSaúdeCoronavírusDecreto pretende obrigar a comprovação de vacina contra a gripe nas crianças...

Decreto pretende obrigar a comprovação de vacina contra a gripe nas crianças da rede municipal

 

 

 

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

A baixa procura pela vacinação contra a gripe (H1N1) pelos pais e responsáveis das crianças está preocupando a prefeitura. Durante a entrevista coletiva desta terça-feira (26/05/20), foi informado que apenas 40% das quase 20 mil crianças maiores de seis meses e menores de seis anos receberam a dose, em 2020.

Com o objetivo de proteger as crianças da doença, o prefeito Mário Hildebrandt anunciou que pretende editar um decreto, que obrigue a comprovação da imunização contra a gripe no retorno aos Centros de Educação Infantil (CEIs) e pré-escola.

A preocupação é com a chegada do inverno, quando as síndromes respiratórias aumentam, em especial as gripes. “Os pais precisam se conscientizar e levar nossas crianças até uma sala de vacina. O inverno está chegando, os vírus estão circulando, temos atualmente a situação do coronavírus, então quanto mais imunizadas as pessoas estiveram, melhor para a saúde de todos”, avaliou o Secretário da Semus, Winnetou Krambeck.

Hildebrandt ainda vai consultar o setor jurídico da prefeitura para detalhar a proposta e verificar sua própria viabilidade. A data do retorno das atividades escolares presenciais ainda não foi decidida.

Pela proposta, só poderão voltar às aulas da rede municipal de ensino, quem estiver com a imunização do H1N1 deste ano em dia. A regra só vale para estudantes da faixa etária já informada que estão no grupo prioritário da campanha.

 

Ambulatórios de Blumenau terão horário ampliado para vacinação da gripe

A partir desta terça-feira (26), os sete Ambulatórios Gerais (AG) de Blumenau terão o horário de funcionamento das salas de vacinação ampliado até as 20h. A ação se estende até o dia 5 de junho, data prevista para o término da Campanha Nacional de Vacinação contra influenza.

A extensão do horário é uma ação da Secretaria de Promoção da Saúde (Semus) para proporcionar mais opções para a população fora do horário comercial, bem como o alcance das metas de vacinação dos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde (MS). À exceção dos idosos, que integravam o primeiro público-alvo da campanha, e que já contabilizam mais de 100% da meta, os demais grupos ainda estão abaixo dos 90% estipulados pelo MS.

 

Agendamento deve ser feito online

Para garantir o espaçamento entre um atendimento e outro e evitar aglomerações durante a pandemia da Covid-19, o agendamento on-line vem sendo realizado pela Semus desde o início da campanha de vacinação.

As agendas estão disponíveis para marcação, que pode ser feita acessando o aplicativo Pronto Mobile (iOS Android), pelo link disponibilizado no site da Prefeitura, ou ainda por contato telefônico com a unidade de saúde. O

Além dos sete AGs, outras 27 unidades de Estratégia Saúde da Família estão com horários disponíveis para marcação da vacina. A agenda das ESFs é reduzida, em relação aos AGs, conforme horário de funcionamento.

No momento da marcação on-line, o usuário deverá selecionar a qual grupo pertence e estar ciente da obrigação de apresentação de documento que comprove a situação. A Semus orienta ainda que as pessoas que forem até a unidade, tenham em mãos documento que comprove a condição para a vacinação, a carteira de vacinação e que esteja usando máscara.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS