segunda-feira, 18 outubro 2021
InícioGeralContinuam as buscas por argentinos desaparecidos em praia de Florianópolis

Continuam as buscas por argentinos desaparecidos em praia de Florianópolis

Foto: Arcanjo 3
Foto: Arcanjo 3

Na sexta-feira (22/01/16), o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina recebeu uma solicitação de busca a três pessoas desaparecidas na região da Praia dos Ingleses, no Norte de Florianópolis. Familiares comunicaram o desaparecimento de um homem adulto e duas crianças de nacionalidade argentina, que teriam saído para fazer uma trilha entre a Praia dos Ingleses e o Costão do Santinho e não retornaram.

Foram realizadas buscas durante toda a madrugada de sexta-feira para sábado (23). Pela manhã uma criança foi avistada por um pescador, no costão que liga a praia dos Ingleses à do Santinho. A criança, Candelária Cavachero Grego, de 9 anos, foi resgatada pelo helicóptero Arcanjo 03 e levada ao Posto de Salvamento da Praia do Santinho, onde já aguardavam os médicos.

A menina revelou ter visto a irmã caindo nas pedras e, na sequência, seu pai teria tentado resgatá-la, quando perdeu contato visual com os dois. A criança resgatada não sabia se os dois caíram na água ou nas pedras. Os nomes dos desaparecidos são Xavier Cavachero, 42 anos, e Trinidade Cavachero, sete anos.

As buscas continuaram durante todo o dia, por água e terra, porém nada foi encontrado. Além disso, o Consulado Argentino contatou a Central de Operações do CBMSC solicitando informações para que pudessem prestar apoio às buscas.

Após a localização da menina foram determinados pontos de mergulho e buscas dirigidas, além da conclusão da varredura das buscas por terra. A partir daí os esforços foram direcionados para a procura na água, mas sempre observando os costões. Guarnições permanecem mobilizadas no local. “Todos os esforços técnicos possíveis estão sendo realizados em prol da localização destas duas pessoas o mais rápido possível”, explicou o comandante da 1ª Região Bombeiro Militar (1ª RBM), tenente coronel BM César de Assumpção Nunes.

O comandante da 1ª RBM esclareceu que em caso de óbito na água, levando em consideração as condições do mar, estima-se que após o quinto e o sétimo dia do desaparecimento a tendência é que os corpos venham para a superfície. Considerando também o comportamento das correntes marítimas, o espectro da busca é ampliado gradativamente, pois a localização poderá se dar a uma certa distância do local do desaparecimento.

O Corpo de Bombeiros Militar continua nas buscas, com equipes por terra, realizando varredura nos costões e trilhas; por ar, por meio de buscas visuais com o arcanjo 02 (avião) e arcanjo 03 (helicóptero); e no mar, com equipes de mergulhadores.

O governador Raimundo Colombo conversou por telefone nesta segunda-feira (25), com o embaixador da Argentina no Brasil, Luis María Kreckler, para informar as ações do Governo do Estado em busca dos dois argentinos desaparecidos em Florianópolis desde a sexta-feira, 22.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), coronel Onir Mocellin, explica que a corporação permanece mobilizada nas buscas. Estão sendo empregadas duas aeronaves (Arcanjo-02 e Arcanjo-03), barco e motonáutica, além de equipes por terra.

 

Fonte: Corpo de Bombeiros de SC | Com informações da Soldado BM Maria Gabriela
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS