sábado, 22 janeiro 2022
InícioClimaChuvas em Santa Catarina: alagamentos, deslizamentos, mortes e 21 municípios atingidos

Chuvas em Santa Catarina: alagamentos, deslizamentos, mortes e 21 municípios atingidos

Florianópolis – Bairro Rio Tavares, viaduto da SC-405, | Foto: Arcanjo 01

 

Por enquanto Blumenau tem escapado dos estragos causados pelas chuvas que caem principalmente no Litoral, mas também no Vale do Itajaí. Desde a madrugada de terça-feira (9) até essa quinta-feira (11/01/18), 485 pessoas ficaram desalojadas e 21 cidades foram atingidas.

Desalojadas são consideradas as pessoas que precisaram deixar suas residências e se abrigaram nas de amigos e parentes. Já os desabrigados, estão sem condições de ficar em suas casas, nem tem onde ficar.

 

Ruas alagadas em Balneário Camboriú | Foto: prefeitura

 

A Defesa Civil de Balneário Camboriú atendeu aproximadamente 30 ocorrências, entre deslizamentos de terra, pontos de alagamento e inundação de ruas. Um haitiano foi levado pela água de um córrego e continua desaparecido. Outra morte ocorreu em São João Batista, também na quarta (10), onde uma menina foi atingida por uma árvore caiu sobre a casa onde ela estava.

Em Penha, 200 pessoas ficaram desalojadas, seguido por São José e Florianópolis, com aproximadamente 100 nessa situação. Na capital, cinco pessoas estavam alojadas no abrigo provisório da Escola Dionísio da Costa, no bairro Saco Grande. Dos 200 milímetros previstos para janeiro, já choveu o dobro até agora. Um homem morreu enquanto fazia a limpeza de um bueiro durante a madrugada de quinta, depois de cair e sofrer traumatismo craniano. Outro tentava atravessar uma enxurrada, mas acabou sendo levado pelas águas.

No município vizinho, Palhoça, os bairros Brejaru, Frei Damião e Caminho Novo; foram os mais atingidos pela chuva. Muitas casas acabaram sendo atingidas e foi aberto um abrigo na escola Caic Professor Febronio Tancredo Oliveira, no bairro Passa Vinte. As famílias ainda resistem a sair de suas residências.

A chuva de 146 mm nas últimas 12h em São Francisco do Sul, norte do Estado, causou alagamentos, deslizamentos, quedas de árvores e muro. Esse volume é toda a média mensal prevista para o município.

Entre às 17h26min e 21h, a Defesa Civil emitiu alertas de chuvas intensas para Massaranduba, Guaramirim, Lontras, Rio do Sul, Taió, Rio do Oeste, Salete, Witmarsum, Dona Emma, Presidente Getúlio, Vitor Meireles, Otacílio Costa, Nova Trento, Brusque, Canelinha, Navegantes, Balneário Piçarras, São João do Itaperiú, Barra Velha, São Francisco do Sul, Itapoá e Garuva. Para Gaspar, Ilhota e Luiz Alves, foi emitido um alerta de alagamentos.

Blumenau

Em Blumenau, nas últimas 12h, o site do Alerta Blu registou (leitura das 21h45min) o maior volume de chuvas nas estações da Nova Rússia (44,2mm); Vila Itoupava (35,6mm); Jordão (35,4mm); Ruy Barbosa (25,4mm); Glória (22,2mm) e Fidélis (15,8mm). Por enquanto, não houve nenhuma ocorrência grave.

As 21 cidades de Santa Catarina que tiveram algum prejuízo são:

  • Balneário Camboriú
  • Biguaçu
  • Bombinhas
  • Braço do Norte
  • Camboriú
  • Canoinhas
  • Florianópolis
  • Governador Celso Ramos
  • Imbituba
  • Itajaí
  • Itapema
  • Lauro Müller
  • Navegantes
  • Palhoça
  • Penha
  • Porto Belo
  • São Francisco do Sul
  • São João Batista
  • São José
  • Taió
  • Tijucas

Recomendações da Defesa Civil SC

Alagamentos/inundações: Evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Deslizamentos de terra: Deve ser observada qualquer movimento de terra ou rochas próximas a suas residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil Municipal 199 ou Corpo de Bombeiros 193.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS