quinta-feira, 20 janeiro 2022
InícioClimaChuvas causam estragos em Santa Catarina, morte de criança e desaparecimento de...

Chuvas causam estragos em Santa Catarina, morte de criança e desaparecimento de homem

A chuva repentina que caiu nos últimos dois dias já fez algum estrago no Estado. Em Blumenau, os volumes não foram tão intensos, apesar dos 32,4 mmm e um acumulado em janeiro que já chega em 54,2mm. Além de quedas de árvores em vias pública no bairro Velha, não foi registrada nenhuma ocorrência grave. A média da semana ficou em 42,8mm, no mês em que o normal é de aproximadamente 180 mm, segundo a Defesa Civil.

Mas foi a capital catarinense que mais sofreu, onde o acumulado chegou 243mm nas últimas doze horas na Carijós. Santo Antônio de Lisboa, também em Florianópolis, registou 189 mm.

 

Garagem de umprédio no bairro Itacorubi, em Florianópolis | Foto: Marina Cidade

 

Em alguns bairros foram registrados alagamentos como foi o caso do  Itacorubi, onde os moradores de um prédio tiveram seus carros inundados. Na Lagoa da Conceição e no Santa Mônica, também ocorreram problemas.  A orientação da Defesa Civil na cidade é que os moradores evitem sair de casa.

No Estado, outros nove municípios registraram ocorrências por causa das chuvas. Os alagamento e deslizamentos de terra, foram registrados nos municípios de Lauro Muller, na região da Serra do Rio do Rastro, Imbituba, Florianópolis, Braço do Norte, São José, São João Batista, Biguaçu, São Francisco do Sul, Penha e Itapema. Os dados da Defesa Civil apontam 210 desalojados, 234 desabrigados/afetados, 58 residências, um morto e um ferido.

Na cidade dos calçados, São João Batista, uma menina de 8 anos morreu e a irmã de 13 ficou ferida após a queda de uma árvore no telhado da garagem na quarta (10). Em Balneário Camboriú, um homem de 34 anos caiu em um bueiro na madrugada desta quinta-feira (11) e ainda não foi encontrado.

Já em Imbituba, no Sul do Estado, até São Francisco do Sul, no Litoral Norte, o acumulado supera os 100mm. Nas demais regiões do Litoral, o total de chuva nestes três dias ficou entre 30 a 50mm. Foram registrados estragos, principalmente em rodovias e construções. Abrigos chegaram a ser abertos.

Confira os maiores acumulados nas últimas 12 horas em Santa Catarina:

  • Florianópolis – Carijós 243 mm
  • Florianópolis – Santo Antonio de Lisboa 189 mm
  • Florianópolis – Itacorubi 173 mm
  • Penha – 152 mm
  • São Francisco do Sul – 146 mm
  • Florianópolis – Centro – 124 mm
  • Balneário Camboriú – 113 mm
  • Itapema – 145 mm
  • Camboriú – 112 mm
  • São José – 93 mm
  • Barra Velha – 81 mm

Maiores acumulados nas últimas 48 horas

  • Florianópolis – Carijós 400 mm
  • Florianópolis – Santo Antonio de Lisboa 324 mm
  • Florianópolis – Centro 311 mm
  • Florianópolis – Itacorubi 309 mm
  • Governador Celso Ramos – 241 mm
  • Palhoça – 217 mm
  • São José – 216 mm
  • Antônio Carlos – 181 mm
  • Penha – 180
  • Itapema – 176 mm
  • Biguaçu – 167 mm
  • Navegantes- 166 mm
  • São Francisco do Sul – 154 mm
  • Balneário – 153 mm
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS