quinta-feira, 27 janeiro 2022
InícioGeralCelulares de seis estados e do DF ganham um número a mais

Celulares de seis estados e do DF ganham um número a mais

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

 

A partir deste domingo (29/5/16) para fazer ligações ou mandar mensagens a telefone fixo ou móvel, para celulares de seis estados e do Distrito Federal, será preciso discar o 9 antes do número do telefone. A mudança atinge os DDDs 61 (Distrito Federal), 62, 64 e 65 (Goiás), 63 (Tocantins), 66 (Mato Grosso), 67 (Mato Grosso do Sul), 68 (Acre) e 69 (Rondônia).

O dígito 9 deverá ser acrescentado à esquerda dos atuais números, que passarão a ter o seguinte formato: 9xxxx-xxxx. De 8 de junho a 5 de setembro, as chamadas com 8 dígitos receberão mensagem com orientação sobre a mudança. Depois desse período, as chamadas feitas com oito dígitos não serão mais completadas. 

No dia 6 de novembro, será a vez de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. O objetivo é aumentar a disponibilidade de números na telefonia celular, dar continuidade ao processo de padronização da marcação das chamadas e garantir a disponibilidade de números para novas aplicações e serviços.

Vários aplicativos gratuitos podem ajudar na atualização automática da agenda de contatos. Os programas incluem automaticamente o 9 na frente de todos os contatos do celular nas regiões onde o nono dígito já foi implantado. Há sistemas disponibilizados pelas operadoras de telefonia móvel e outros oferecidos por empresas de tecnologia.

Entre eles estão o 9ºdígito (iOS), Novo Dígito BR9 dígitos (iOS), Embratel 9º Digito (iOS), 9º dígito TIM (iOS), Oi 9º Dígito (iOS), Vivo 9º Dígito (iOS), 9d+ (iOS) e 9º dígito Leucotron (iOS). Não testamos nenhum deles para indicar o melhor. Para acessar o sistema Android, basta clicar sobre o nome do app, enquanto o iOS (iPhone) está entre parênteses.

O nono dígito já foi implementado em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Amapá, Roraima, Amazonas, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Minas Gerais.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS