quinta-feira, 21 outubro 2021
InícioEconomiaCelesc abre inscrições para programa de energia solar nesta segunda-feira (20)

Celesc abre inscrições para programa de energia solar nesta segunda-feira (20)

Foto: Hermínio Nunes / Eletrosul

 

Por Lisandrea Costa, da Agência AL

Os consumidores interessados em participar do Projeto Bônus Eficiente – Linha Fotovoltaica, da Celesc, poderão se cadastrar no site a partir das 10 horas desta segunda-feira (20/02/17). O projeto, apresentado em coletiva à imprensa na manhã desta sexta-feira (17), possibilitará a instalação de sistemas fotovoltaicos (para geração de energia a partir da luz solar) em mil residências, com desconto de 60% do custo. O consumidor selecionado pagará R$ 6,7 mil pelo sistema e poderá obter uma economia anual em torno de R$ 2 mil na conta de energia elétrica.

 

 

A iniciativa faz parte de uma estratégia da Celesc de popularização da microgeração de energia com sistema fotovoltaico. O desenvolvimento de energia alternativa é uma área prioritária para empresa, que tem a obrigação legal de investir em eficiência energética, de acordo com o presidente, Cleverson Siewert. Serão investidos R$ 11,3 milhões nesse projeto com recursos do Programa de Eficiência Energética Aneel/Celesc. “É o maior projeto de geração distribuída do Brasil e trará grandes benefícios, tanto para os clientes, que terão desconto na conta de energia elétrica, quanto para a Celesc, que terá a oportunidade de entrar em um novo tipo de negócio”, analisou.

Os consumidores interessados deverão atender aos pré-requisitos determinados no edital, dentre os quais, ter um consumo médio anual superior a 350 kWh (quilowatts/hora); telhado voltado para o Norte, com no mínimo 20 m² de área; e disponibilidade de recursos para pagar a contrapartida. Após a seleção dos consumidores, o sistema será instalado pela Engie Solar, empresa vencedora da licitação.

O sistema consiste em dez módulos fotovoltaicos, que totalizam 2,65 kW instalados, e um equipamento chamado inversor, que transforma a corrente contínua do sol em corrente alternada (ligado ao quadro de luz da residência). O último movimento é feito pela Celesc, que irá à casa do consumidor e trocará o relógio medidor de energia, substituindo o relógio unidirecional por um equipamento bidirecional, que mede tanto a energia que entra na casa quanto a energia eventualmente gerada.

“Dependendo do tamanho da residência, quem instalar o sistema poderá obter um desconto anual de até R$ 2 mil na conta de energia elétrica, uma redução relevante para quem tiver um sistema como esse, durante pelo menos 25 anos, que é o tempo mínimo de vida útil do equipamento”, ponderou o presidente da Engie Solar. A economia foi projetada levando em conta que os dez painéis fotovoltaicos devem gerar, pelo menos, 283 kWh. Ao custo de R$ 0,54 por kW, a economia mensal de uma residência com um sistema, considerando essa média de geração, será de R$ 154. Para o consumidor que for selecionado no programa, o tempo de retorno do investimento será de 3,5 anos.

O cadastro será realizado pela internet. Caso todos os requisitos sejam atendidos, o consumidor entrará para a lista de instalação, conforme a ordem de inscrição. A Engie tem prazo de um ano para instalar todos os sistemas. A residência poderá ser rejeitada na inspeção prévia, antes da instalação.

Requisitos para participar do Bônus Eficiente – Linha Fotovoltaica:

  • Consumidor não pode ter dívidas com a Celesc;
  • Residência deve possuir área mínima de 20 m² de telhado, livre de sombreamento;
  • O telhado deve estar voltado para o Norte (com desvio admitido de 30°);
  • A inclinação do telhado pode variar de 20 a 35 em relação ao plano horizontal;
  • A unidade consumidora deve ter consumo mensal de 350 kWh ou acima, nos últimos 12 meses;
  • Consumidor deve ter disponibilidade para pagar a contrapartida (R$ 6,7 mil);
  • A unidade consumidora deve ter acesso à rede de internet/wi-fi.

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS