quinta-feira, 28 outubro 2021
InícioGeralBlumenauenses lamentam a perda de Telmo Duarte

Blumenauenses lamentam a perda de Telmo Duarte

Foto de arquivo: Luciano Bernz
Foto de arquivo: Luciano Bernz

Acontece até às 16h30min desta sexta-feira (24), na Capela da Igreja Martin Luther no bairro Itoupava Seca, o velório do ex-secretário de Defesa do Cidadão (Sedeci) e diretor de Defesa Civil de Blumenau, Telmo Gonçalves Duarte. Ele faleceu na noite desta quinta-feira (23), aos 57 anos, depois de não resistir a um tumor na cabeça, deixando a esposa e três filhos. Em fevereiro, chegou a realizar uma cirurgia, onde tinha sido retirado 90% do tumor.  O corpo dele será cremado às 16h30min, no Cemitério São José.

A mensagem de seu filho nas redes sociais, comunicando a morte de Telmo Duarte
A mensagem de seu filho nas redes sociais, comunicando a morte de Telmo Duarte

Ela foi empossado como Secretário de Defesa do Cidadão em 2014, mas tem um vasto histórico junto à Defesa Civil de Blumenau. Com importante participação nas várias enchentes da cidade, ele era bombeiro comunitário há quase 30 anos.  Telmo iniciou sua jornada no serviço público em 2005, como Gerente de Operações de Defesa Civil, e no ano seguinte, em 2006, assumiu como Diretor de Defesa Civil.

 

Telmo-Duarte
Telmo Duarte e sua neta Alice.

Quem acompanhou a linha de tempo no Facebook da esposa e filhos do ex-secretário da Defesa Civil de Blumenau, sentia o carinho das pessoas com Telmo.  Nos textos, recordações e muita esperança de uma recuperação plena. No perfil de Facebook de Telmo, muitas manifestações de carinho, com fotos ao lado do grande amigo, profissional, pai, avô e esposo.

Entre tantos depoimentos, um de Ivo Alberto Dickmann Junior chamou a atenção do comprometimento desse servidor. Ela foi passada em um grupo de WhatsApp.

Em 2008 cheguei logo no início da tragédia na PMB para ajudar. Quando eu cheguei o telefone dele tocou. Era a equipe avisando que houve um deslizamento na rua Araranguá e aconteceu o primeiro óbito de uma criança na tragédia. Ele se sentou no passadiço da PMB e chorou como criança ao meu lado, porque não pode fazer nada para ajudar a criança. Isso ficou marcado desde lá.

 

Telmo-Duarte-hospital
Telmo Duarte com o Dr. Marcus Vinicius e o prefeito Napoleão Bernardes, já no Hospital Santa Isabel, um pouco antes de se submeter a cirurgia. | Foto: Paula Duarte Müller

O prefeito Napoleão Bernardes decretou luto oficial de 3 dias. Ele comentou em nota oficial:

Não há palavras que possam descrever a dor que nós, blumenauenses, sentimos neste momento. Com seu exemplo, ele nos ensinou que amor e dedicação são fundamentais para ajudar o próximo. Era uma pessoa solidária e sempre preocupada com o bem-estar da nossa comunidade, consciente do papel importante que desempenhava no município, do qual muitos cidadãos dependiam e muitos colegas se orgulham.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS