terça-feira, 11 maio 2021
Início Estadual Blumenau recebe o Prêmio Município Sustentável pela Federação Catarinense de Municípios

Blumenau recebe o Prêmio Município Sustentável pela Federação Catarinense de Municípios

Premiação Município Sustentável

A Federação Catarinense de Municípios – FECAM anunciou nessa quarta-feira (12) os ganhadores do Prêmio Município Sustentável 2014. A entrega dos trofeus aos vencedores foi feita no final da manhã no XII Congresso Catarinense de Municípios, após o painel “A importância dos indicadores na formulação de políticas públicas em gestão municipal”.

Na categoria Índice Geral Estadual, os cinco municípios ganhadores foram:

  • 1º lugar Balneário Camboriú (0,824)
  • 2º lugar Itajaí (0,817)
  • 3º lugar Blumenau (0,806)
  • 4º lugar Itapema (0,803)
  • 5º lugar Gaspar (0,799)

Na categoria Evolução do Índice Geral (2012-2014), os premiados foram:

  • 1º lugar Sangão (21,52%)
  • 2º Alto Bela Vista (19,38%)
  • 3º Sul Brasil (18,50%)
  • 4º lugar Siderópolis (18,39%) 5º lugar Bom Jesus do Oeste (16,44%).

Essa é a primeira edição do prêmio, criado pela FECAM em parceria com as 21 Associações de Municípios de Santa Catarina. A premiação utilizou como parâmetro o Sistema do Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável – SIDMS, da FECAM, e tem por objetivo valorizar os municípios que possuem os melhores indicadores, incentivando a cultura do planejamento, monitoramento e da formulação de políticas públicas baseadas nas informações estruturadas que integram o sistema. Visa ainda estimular os municípios a elevarem o nível dos seus indicadores, possibilitando que ao longo dos anos haja o avanço no desenvolvimento sustentável municipal.

O prêmio é dividido em 4 categorias nas quais são considerados os municípios destaques nos índice estadual, geral, regional e nas políticas públicas (dimensões sociocultural, econômica, ambiental, político-institucional, educação, saúde, cultura, habitação, participação social, gestão pública e finanças públicas). No total foram entregues 42 trofeus.

Na categoria de políticas públicas os municípios vencedores em cada área foram:

  • Índice Dimensão Sociocultural, Pomerode (0,853),
  • Índice Dimensão Econômica Araquari (0,877),
  • Índice Dimensão Ambiental Balneário Camboriú (0.953),
  • Índice Dimensão Político-Institucional Rio do Sul 0,839,
  • Índice da Educação Pomerode (0,964),
  • Índice da Saúde Nova Veneza 0,867,
  • Índice da Cultura Jaraguá (1,00) e Lages (1,00),
  • Índice da Habitação Peritiba (0,936)
  • Índice da Participação Social Braço do Norte (0,879),
  • Índice da Gestão Pública Gaspar (1,000) e
  • Índice das Finanças Públicas Gaspar (1,000).

Concorreram os 293 municípios do Estado de Santa Catarina que possuem dados disponíveis para apuração do IDMS 2014. Balneário Rincão e Pescaria Brava, instalados em janeiro de 2013, somente participarão do IDMS na próxima edição.

IDMS

O IDMS é uma medida que avalia o nível de desenvolvimento sustentável de um município, considerando o equilíbrio no desenvolvimento das dimensões Sociocultural, Ambiental, Econômica e Político-Institucional.

O objetivo do IDMS não é comparar o desenvolvimento sustentável entre municípios de um estado ou de uma região, e sim, possibilitar que os mesmos utilizem o IDMS como uma ferramenta de monitoramento dos indicadores e de planejamento das políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sustentável.

Na categoria regional, os municípios que obtiveram o 1º lugar em cada região, correspondendo as 21 Associações de Municípios foram:

  • AMAI – 1º lugar -Xanxerê (0,696),
  • AMARP – 1º lugar -Videira (0,729),
  • AMAUC – 1º lugar – Seara (0,725),
  • AMAVI – 1º lugar – Rio do Sul (0,793),
  • AMEOSC – 1º lugar – Iporã do Oeste (0,721),
  • AMERIOS – 1º lugar – Maravilha (0,728),
  • AMESC – 1º lugar -Turvo (0,721),
  • AMFRI – 1º lugar – Balneário Camboriú (0,824),
  • AMMOC – 1º lugar – Joaçaba (0,784),
  • AMMVI – 1º lugar – Blumenau (0,806),
  • AMNOROESTE – 1º lugar – São Lourenço do Oeste (0,688),
  • AMOSC – 1º lugar – Pinhalzinho (0,721),
  • AMPLANORTE – 1º lugar – Mafra (0,747),
  • AMPLASC – 1º lugar – Campos Novos (0,715),
  • AMREC – 1º lugar – Orleans (0,766),
  • AMUNESC – 1º lugar – Joinville (0,769),
  • AMURC – 1º lugar – São Cristóvão do Sul (0,688),
  • AMUREL – 1º lugar – Braço do Norte (0,764),
  • AMURES – 1º lugar Lages (0,735),
  • AMVALI – 1º lugar – Jaraguá do Sul (0,789) e
  • GRANFPOLIS – 1º lugar – Biguaçu ( 0,765) e 1º lugar Florianópolis (0,765).

Jornalista Sandra Domit | Federação Catarinense de Municípios – FECAM

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS