quinta-feira, 2 dezembro 2021
InícioEventosAluna do projeto Pedagogia Hospitalar realiza sonho lançando livro

Aluna do projeto Pedagogia Hospitalar realiza sonho lançando livro

Tob-cachorro-campeao_04

Fotos: Marcelo Martins | Texto: Talita Catie

Tob, o cachorro campeão foi lançado na noite desta quinta-feira, em evento no Hospital Santo Antônio.

A noite desta quinta-feira, dia 25 de setembro, ficará para sempre na memória da pequena Beatriz Peres de Oliveira. Com apenas 11 anos, ela lançou ontem, durante o IV Encontro de Pedagogia Hospitalar, seu primeiro livro, intitulado “Tob, o cachorro campeão”. A obra foi escrita quando a menina tinha apenas seis anos e acaba de ser editada e ilustrada com o apoio da Secretaria de Educação de Blumenau.

Tob-cachorro-campeao_01

Diagnosticada no ano passado com um tumor cerebral, Beatriz é uma das mais de 280 crianças atendidas no primeiro semestre deste ano pelo projeto Pedagogia Hospitalar, desenvolvido pela Prefeitura de Blumenau, em parceria com o Hospital Santo Antônio e Universidade Regional de Blumenau (Furb).

Tob-cachorro-campeao_03

Ela recebeu parte de seu tratamento no Hospital Santo Antônio, referência em atendimento materno-infantil, onde encontrou o amparo que precisava para continuar a desenvolver uma das atividades que mais gosta: estudar. Durante o acompanhamento pedagógico prestado pelo Município através do projeto, Beatriz contou que tinha um sonho: ver uma de suas histórias publicada em livro.

A coordenadora do Programa de Saúde Escolar da Secretaria de Educação, Zoraide Feuser, conta que todos se sensibilizaram com a história. “Desenvolvendo um trabalho em equipe na Secretaria de Educação, buscamos parceiros internos e externos para tornar o sonho de Beatriz realidade”, explica entusiasmada. A primeira edição de “Tob, o cachorro campeão”, tem 300 exemplares.

Durante a solenidade de abertura do evento, que segue nesta sexta-feira no Auditório do Instituto Catarinense de Desenvolvimento de Saúde, anexo ao Hospital Santo Antônio, também foram entregues às autoridades um bichinho de pelúcia do cachorro Tob. O personagem principal do livro de Beatriz é, a partir de agora, a mascote do projeto e vai ganhar até uma versão digital.

Tob-cachorro-campeao_02

Com o lançamento da Pedagogia Hospitalar Interativa, que também aconteceu ontem, será desenvolvido um espaço virtual onde as crianças e adolescentes atendidos no projeto de Pedagogia Hospitalar, bem como toda a comunidade escolar terão a oportunidade de continuar a história de Beatriz, criando novas aventuras para o Tob, conforme sugere a própria autora do livro.

Para o coordenador do Núcleo de Tecnologias Educacionais do Município, Mário Rausch, foi um desafio expandir a informática pedagógica para além dos muros da escola e beneficiar as crianças atendidas pelo projeto da Secretaria de Educação. Ele explica que por meio de uma pasta virtual, a partir da intervenção pedagógica no espaço hospitalar, a professora fará a comunicação com a escola, recebendo e enviando materiais para a unidade de origem do aluno – como as atividades que a turma deste estudante está realizando na sala de aula – e relatórios gerais, independente da rede de ensino do aluno.

Também foram desenvolvidas atividades interativas e games relacionados ao conteúdo escolar, que podem ser acessados através do site
www.blumenau.sc.gov.br/pedagogiahospitalar, em tablets, celulares e notebooks utilizados nos leitos hospitalares ou até mesmo em casa ou na escola.

O Encontro

O IV Encontro de Pedagogia Hospitalar iniciou ontem, dia 25, e segue durante esta sexta-feira, 26, no Auditório do Instituto Catarinense de Desenvolvimento de Saúde, anexo ao Hospital Santo Antônio. Com o tema Pedagogia Hospitalar: Conexões e Aprendizagem Além da Sala de Aula, o evento é destinado aos professores, coordenadores, diretores, alunos de graduação em pedagogia.

Nesta sexta-feira pela manhã, acontece uma Mesa Redonda, sobre a rede de cuidado em educação permanente, saúde e educação. No período da tarde, será feito o relato de experiência acerca do trabalho Multidisciplinar e Pedagogia Hospitalar, abordando a saúde mental na infância. Ainda durante o dia, os profissionais debatem o direito da criança e do adolescente no cuidado da saúde e educação. O encerramento está programado para às 16h.

A Pedagogia Hospitalar

O projeto Pedagogia Hospitalar, que tem reconhecimento nacional, é desenvolvido pela Secretaria de Educação e visa estimular os cuidados com a saúde e o bem-estar da criança e do adolescente, bem como criar um ambiente gerador de conhecimentos, favorecendo uma assistência integral à saúde infantil. Através dele, crianças e adolescentes internados na ala pediátrica do Hospital Santo Antônio desenvolvem atividades pedagógicas como leitura, escrita, problemas matemáticos, artes visuais, teatro e música, tendo como base as Diretrizes Curriculares Municipais (DCMs). Ao final da internação, um relatório é enviado para a escola onde o paciente está matriculado.

via PMB

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS