sábado, 22 janeiro 2022
InícioGeralAdvogadas gestantes poderão ter preferência de julgamento dos seus processos

Advogadas gestantes poderão ter preferência de julgamento dos seus processos

 

Atualmente, os julgamentos em todas as instâncias devem seguir a ordem de chegada dos processos ao órgão judicial. Mas se o projeto do deputado Wladimir Costa (SD-PA) for aprovado, os processos em que houver advogada gestante com mais de três meses de gravidez terão preferência e serão pautados para sustentação oral nos tribunais antes dos demais.

Segundo Costa, o objetivo da proposta é preservar a saúde da advogada gestante e do bebê das dificuldades e pressões de ordem física e psicológica inerentes ao trabalho em tribunais e fóruns. “As constantes idas ao fórum, a espera pela inclusão dos processos em pauta, as audiências de conciliação e de instrução e julgamento, as sustentações orais, os debates ocorridos nas audiências são aspectos geradores de cansaço físico e mental, além de constituírem fonte de permanente estresse”, disse o deputado.

O novo Projeto de Lei 9385/17, em tramitação na Câmara dos Deputados, altera o Código de Processo Civil (Lei 13.105/15). O critério cronológico foi incluído no código processual pela Lei 13.256/16.

Ele será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Defesa dos Direitos da Mulher e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS