terça-feira, 13 abril 2021
Início Denúncias A rodoviária de Blumenau está com sérios problemas de segurança e saúde...

A rodoviária de Blumenau está com sérios problemas de segurança e saúde pública

Na quarta-feira (27/11) estive visitando a rodoviária de Blumenau. As emissoras de TV de Blumenau já fizeram várias reportagens sobre as más condições de um dos principais portais de entrada para a cidade. Mas foi ao ler ontem que a Rodoviária de Blumenau passará por uma lavação completa que eu pensei: ué, mas corrigiram todos os problemas??

Foi aí que decidi verificar in loco e conversar com as pessoas que trabalham e estão lá diariamente. Aliás, pediram anonimato, porque em outras reportagens algumas pessoas sofreram retaliação. Então todas as informações deste texto se basearam no que eu vi e fotografei, mas principalmente no que estas várias pessoas me falaram.

Mosquitos dia e noite: uma questão de saúde pública.

Na área de acesso à rodoviária, vindo do estacionamento, a quantidade de mosquitos é assustadora. Uma verdadeira nuvem se formou ao redor de minha cabeça enquanto conversava. Apesar de ter ido a noite, eles me disseram que eles estão presentes o dia todo. E se aparecerem os da Dengue? É assunto de saúde pública.

Há 1 ano atrás houve uma dedetização, o que solucionou o problema por uns 6 meses, mas depois os mosquitos voltam. Para evitar deveria ser feita a cada 2 meses. Os ônibus e táxis,  tem que estar com janelas e portas fechadas, caso contrário o interior dos mesmos fica repleto de insetos. Se você quiser fazer o teste, vá na rodoviária e fique parado ali uns minutos.

Mau cheiro

É triste ver os passageiros desembarcando na Rodoviária, e ao invés de um sorriso no rosto, eles tem um lenço para tentar não sentir o mau cheiro que vem do ribeirão atrás da rodoviária. Os piores momentos são de manhã cedo as 6h e no final do dia.

Soluções: dedetização bimestral e tratamento do ribeirão que passa atrás. Colocar uma galeria seria ainda melhor, canalizando a água e evitando o criadouro de mosquitos e outros insetos.

Mato

O verde está tomando conta da rodoviária. Seja na calçada, nos canteiros, na área de trás, tudo lembra a verdade: um lugar abandonado. Abandonado pelo poder público há muitos anos. Nada que lembre os belos canteiros de uma cidade jardim. Porque a URB não faz uma manutenção periódica??

Banheiros precários.

No banheiro masculino houve melhorias, porque há pouco tempo atrás chegou a ficar interditado por dias. O profissional que faz a manutenção hoje é muito esforçado e está mais limpo. Mas segundo depoimentos, já ficou muitas vezes sem produto para lavar as mãos, nem papel toalha.

Trancas nas portas do banheiro.

Os assentos dos vasos sanitários estão quebradiços e antigos.

Essas são as condições do “cano” no mictório.

Tomada ao lado do balcão onde se lavam as mãos

Do que adianta ter banheiros adaptados aos deficientes, se eles estão interditados?

O que mais me assustou, é o relato deles, de que durante a madrugada, quando não há policiamento, até relações sexuais acontecem no banheiro masculino. Isso sem falar dos assaltos dentro dele.

Segurança

Até pouco tempo atrás, a rodoviária era um faroeste. Assaltos, assassinatos (2 esfaqueamentos) e ciganos (muita reclamação deles) que ficam pedindo esmolas, mas quando não são atendidos, reagem de forma hostil. Teve o relato de uma moça que veio prestar vestibular de medicina, e teve a sua bagagem e celular roubados em plena luz do dia.

Depois de muitos pedidos e reportagens, finalmente colocaram a polícia. Tiraram a sala que antes era usada pelos taxistas e colocaram 2 policiais militares. Mas se você pensa que é no período noturno, já que a rodoviária fica 24 horas aberta, tenho uma péssima notícia: nunca venha de madrugada na rodoviária de Blumenau. A polícia só está lá das 15h às 23h. Nem final de semana há policiamento. O ideal é vigilância 24h diárias, devido à todo histórico e ser um local com muito trânsito de pessoas.

Estrutura do prédio.

Esta lixeira que fotografei, é para a goteira que cai da rachadura desta viga lá em cima. Aliás, são várias goteiras por toda a rodoviária, que não recebe nenhuma manutenção preventiva decente faz 30 anos.

Se a estrutura ceder, vai fazer estrago em muitas vidas. Pelas pessoas com que falei lá, há um projeto de revitalização. Mas o próprio projeto já está ficando gagá porque faz tempo que é só promessa e papel. O governo municipal passado, foi muito criticado por não investir quase nada e abandoná-la.

Aliás, o Seterb, órgão ao qual a rodoviária é submetido tem planos de se instalar lá. Então os carros da guarda municipal, motos e área para que os cidadãos de Blumenau resolvam seus problemas com o trânsito terão que competir com a área de estacionamento dos usuários da rodoviária. Não me parece uma boa ideia.

Hidrantes

Após a tragédia de Santa Maria, houveram várias inspeções pelo Brasil. Mas pelos relatos, na Rodoviária de Blumenau até existem os hidrantes, mas não funcionam.

Falta de serviços

Antigamente, a rodoviária tinha revistaria, 2 restaurantes, farmácia e lojas. Hoje só tem uma lanchonete com poucos lugares. Existem 3 caixas eletrônicos, 2 do  Santander e um do SICOOB. Apenas 2 opções para movimentar sacar dinheiro.

Não tem farmácia, caso a pessoa precise de um medicamento de última hora, como para evitar enjôos ou dor de cabeça. Só há uma opção de alimentação, que é a lanchonete aberta 24h. Mas pensando bem, quem iria ser louco em abrir onde as condições de segurança são baixíssimas? Eu não arriscaria.

Pelo menos WI-FI gratuito nós temos. Acabei esquecendo de testar para ver se funciona.

Decoração natalina

A impressão para quem chega de ônibus em Blumenau é que aqui não existe Natal. A única coisa que lembra o período é a decoração nos balcões que vendem passagens. Mas a rodoviária não parece pertencer à cidade que se preocupa durante décadas em ter uma decoração pelas ruas além da Vila de Natal.

E imaginar que existem rodoviárias em cidades menores que Blumenau bem mais bonitas e cuidadas do que a da nossa cidade. O objetivo desta postagem é lembrar que estamos a poucos dias do mês de Dezembro, onde o número de viagens aumenta, inclusive por causa do verão. Os fatos estão aí para quem quiser visitar a Rodoviária.

Eu vou visitar periodicamente e ver que mudanças foram feitas. A cada visita, novos comentários, até que finalmente se faça o básico… o mínimo do mínimo… que é arrumar tudo que colocamos nesses textos. Estou ciente que mudanças na estrutura geral é outra história. Mas é melhor fazer agora, do que quando cair nas cabeças de quem está lá. Exagero? Tomara … tomara que não.

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS