segunda-feira, 27 setembro 2021
InícioCulturaA arte do encontro no Sarau da Biblioteca Municipal

A arte do encontro no Sarau da Biblioteca Municipal

Sarau-Literário-05

Muitos blumenauenses reclamam de não ter opções culturais em Blumenau. Aos que acompanham o site da Fundação Cultural, Facebook, meios de comunicação ou blogs como O Blumenauense, já perceberam que é o contrário. Não faltam excelentes opções. O Sarau Literário foi fantástico e até intimista.

Sarau-Literário-03

Na quinta-feira a noite, dia 31, aconteceu o Sarau A vida é a Arte do Encontro ponto alto da Semana Literária coordenado pela Biblioteca Municipal Fritz Müller. O dia foi de homenagens ao “poetinha” Vinícius de Moraes. Começou com a excelente atuação da Banda Municipal, que tocou no pátio ao lado da Biblioteca, tendo como fundo o Museu da Família Colonial. No repertório, desde a banda Queen, um pout pourri de Elvis Presley e outro de Seu Jorge, músicas clássicas como “New York New York” e “When the saints go marching in” entre outras.

Sarau-Literário-02

Sarau Literário 01

Sarau-Literário-04

Em seguida, subimos para as dependências da biblioteca, onde o chão estava marcado por papéis colados com frases de Vinícius.

Sarau-Literário-06

O presidente da Fundação Cultural de Blumenau Sylvio Zimmermann Neto fez o discurso de abertura, lembrando do poder e a importância da palavra escrita. Em seguida o mestre de cerimônias Rolf Geske apresentou cada artista.

Sarau-Literário-07

O cantor e compositor John Muller interpretou algumas músicas de Vinícius de Moraes, convidando os presentes a participarem. Foi um momento especial.

Sarau-Literário-08

Em seguida, as cantoras blumenauenses de rap do grupo Palavra Feminina – que eu não conhecia – mostraram todo seu talento. Infelizmente foi muito rápido, mas valeu a pena. São excelentes.

Sarau-Literário-12

Alguém fantasiado de Jack Sparrow “invadiu” o espaço da apresentação e convidou 2 crianças para dançar as músicas das rappers.

Sarau-Literário-13

Depois foi a vez dos alunos da Escola de dança Arte A2 interpretarem com seu corpo o clássico “Sei Lá a Vida Tem Sempre Razão”. Ao terminarem seu único número, a expressão dos presentes foi de: “queremos mais”.

Sarau-Literário-11

O rapp voltou com o grupo Elite Step Urban Dance Company e sua incrível performance. Fico impressionado com o condicionamento físico para realizar esses números ousados de street dance, com direito a piruetas no ar.

Sarau-Literário-14

O “Sacrifício” de Vinícius abriu o momento poético, que teve leitura e declamação de poemas de Mário Quintana, Vinicius de Moraes, Carlos Drummond de Andrade e Augusto dos Anjos com destaque para a poetisa blumenauense Cláudia Iara Vetter.

Sarau-Literário-15

Sarau-Literário-10

Sarau-Literário-09

Depois, todos foram convidados para voltar ao pátio da Biblioteca, onde ainda aconteceu apresentação de dança com os B-Boys (break), coquetel e declamação de poesias no estilo do Sarau Facamolada.

Texto e imagens: Claus Jensen

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS