quarta-feira, 20 outubro 2021
InícioGeralVocê compartilha fotos de blitz em grupos de WhatsApp? É bom ler...

Você compartilha fotos de blitz em grupos de WhatsApp? É bom ler essa matéria.

 

Uma das coisas interessantes do WhatsApp é o recurso de grupos, onde compartilhamos informações e entretenimento. Para evitar de serem pegos em blitz, alguns condutores criaram ou participam de grupos focados nisso, mostrando imagens que alertam outros motoristas. Mas talvez não imaginem que podem ser presos, como foi o caso de uma jovem de 22 anos nesta segunda-feira (30/01/17).

Tudo teria começado quando ela foi abordada por volta das 18h em uma blitz da PM, no bairro Sagrado Coração de Jesus em Lages (SC), na Serra Catarinense. O licenciamento do GM Corsa com placas de Otacílio Costa (SC) da jovem estava atrasado. Enquanto os policiais tomavam as medidas administrativas, ela teria aproveitado para tirar as fotos. Depois ela postou em um grupo, mas alguém informou a PM e mais tarde ela foi detida.

Esse tipo de comportamento pode ser enquadrado no artigo 265 do Código Penal, que consiste em atentar contra a segurança de utilidade pública. Além da multa, a lei prevê reclusão de um a cinco anos. A jovem foi encaminhada à Central de Polícia Civil e teve o veículo retido.

Nestas blitzes, a Polícia Militar consegue identificar veículos utilizados em assaltos ou que foram furtados. Muitas prisões de criminosos já ocorreram em função deste trabalho. Então sempre lembre que alguém dentro desse grupo pode estar infiltrado para identificar os responsáveis pelas imagens.

A informação foi divulgada no site do G1/SC.

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS