quinta-feira, 2 dezembro 2021
InícioAnimaisVídeo registra duas mamães baleias-francas com seus filhotes em Santa Catarina

Vídeo registra duas mamães baleias-francas com seus filhotes em Santa Catarina

As imagens foram gravadas neste domingo (7/11) no Sul do Estado. Esses mamíferos marinhos chegam em média a 15 metros de comprimento e os filhotes já nascem com aproximadamente 4 toneladas.

As baleias-francas-austrais, que nasceram este ano no Brasil e ficaram o período de amamentação no Litoral catarinense, partiram para a Antártida. Depois de 4 meses em nosso Litoral, apenas duas mães com seu filhotes únicos permanecem na praia da Gamboa, no município de Garopaba, no Sul de Santa Catarina.

Foto: Ricardo Wegrzynovski

Os dois pares foram registrados neste final de semana, com drone, onde é possível identificar os mamíferos, que são catalogados pelo ProFRANCA/Instituto Australis, que conta com patrocínio da Petrobras.

As baleias-francas chegam em média a 15 metros de comprimento. Os filhotes já nascem com aproximadamente 4 mil quilos. Quando adultas, podem chegar a 40 toneladas.

A espécie ainda é considerada ameaçada de extinção, mas devido ao forte trabalho de ambientalistas, lentamente elas vão recuperando sua população. De acordo com Karina Groch, Diretora de Pesquisa do ProFRANCA, “as baleias fotografadas este ano estão sendo catalogadas, trabalho fundamental para os nossos estudos populacionais, para avaliar a presença de baleias já conhecidas, bem como novas baleias que estão se reproduzindo em nosso litoral, as novas gerações que representam a recuperação populacional da espécie”.

Interessante que as mamães baleias retém energia para passar toda a temporada de amamentação praticamente sem se alimentar. É no retorno à Antártida que elas voltam a comer.

O período de 3 a 4 meses que passam em média, no Litoral catarinense, serve para que os filhotes se ambientalizem à vida oceânica, para então nadaram mar a dentro.

É um espetáculo encantador. Vale a pena visitar os mirantes, que ficam nas praias quase desertas, como é o caso da Gamboa, e de Ibiraquera que fica no município Imbituba. As imagens e informações foram disponibilizadas por Ricardo Wegrzynovski.

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS