sexta-feira, 22 janeiro 2021
- Propaganda -
Início Geral Vídeo orienta sobre o que fazer quando o bebê corre risco de...
- Propaganda -

Vídeo orienta sobre o que fazer quando o bebê corre risco de vida após se engasgar

13:06

 

 

 

De vez em quando você acompanha em OBlumenauense casos de crianças que ficam sem respirar depois que se engasgam. Em bebês é muito comum isso ocorrer com o próprio leite materno durante a amamentação. A sensação de desespero dos pais é imediata, porque a criança para de respirar e sua vida está em risco.

É o chamado OVACE, Obstrução de Vias Aéreas por Corpo Estranho, que geralmente fica localizado na laringe ou traqueia. Existem dois tipos, a leve quando é possível responder, tossir e respirar.

A que mais preocupa é a obstrução severa. Nesse caso a vítima pode até ficar inconsciente, não consegue respirar ou apresenta ruídos à respiração e/ou tosse silenciosa.

Durante a pandemia, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Santa Catarina registrou um aumento de 66,41% casos desse tipo de ocorrência. Entre março e maio de 2020, foram atendidas 218 chamadas, contra 131 no mesmo período do ano passado.

Recentemente divulgamos uma matéria mostrando um bombeiro que saía de uma ocorrência no Centro de Rio do Sul, quando foi abordado por uma mãe com um bebê com OVACE. Felizmente o final foi feliz. Confira neste vídeo, um bombeiro militar mostrando o procedimento de desobstrução.

 

Avatar
O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br
- Propaganda -  
 
 
 
 

MAIS LIDAS

Vídeo: rio Itajaí-Açu passa dos 5 metros e ameaça carro estacionado no Centro de Blumenau

Com isso chega ao nível de atenção. Desde a zero hora até às 13h desta quinta-feira (17/12) o volume de água dobrou.

Jovem de 25 anos morre afogado no rio Encano, em Indaial (SC)

Os Bombeiros Voluntários foram acionados às 16h19 desta sexta-feira (25/12) e chegaram a levá-lo ao hospital, mas ele não resistiu.

Mais de 10 corpos foram resgatados sem vida na tragédia de Presidente Getúlio (SC)

Um deles é de uma criança com idade entre 4 e 5 anos. As vítimas estavam entre escombros após serem levadas pela correnteza durante a enxurrada.

Portaria fixa novas regras para pagamento de pensões por morte

Medida define os períodos de término do benefício de acordo com a idade.