sábado, 16 outubro 2021
InícioEsporteVídeo mostra encontro emocionante do jornalista Rafael Henzer com seu filho

Vídeo mostra encontro emocionante do jornalista Rafael Henzer com seu filho

Dois dos sobreviventes da tragédia com o avião da Lamia na Colômbia, chegaram perto das 21h30min desta terça-feira (13/12/16) no aeroporto de Chapecó, com um avião VC-99 Legacy da Força Aérea Brasileira (FAB). Ele é equipado com UTIs móveis e decolou na Colômbia no período da manhã, fez escalas em Manaus e Brasília, antes de chegar em território catarinense.

No vôo que veio da Colômbia estavam o jornalista Rafael Henzel, além dos jogadores Alan Ruschel e Jackson Follman, este último foi para São Paulo. Um vídeo divulgado nas redes sociais mostrou o reencontro de Rafael Henzel e do seu filho ainda dentro do avião. O jornalista chorou emocionado ao vê-lo.

 

 

A esposa de Henzel estava ao lado, e todos juntos, envolveram-se em um forte abraço, que registrou a felicidade de terem a oportunidade de viverem um ao lado do outro novamente. Talvez o maior presente de Natal que os três receberam na vida, diferente das outras 71 pessoas que morreram na tragédia.

Os sobreviventes chegaram ao Hospital da Unimed cerca de uma hora depois do avião pousar. Eles foram recebidos por familiares e torcedores da Chapecoense, que os aplaudiram e cantaram “O campeão voltou”.  Segundo o site G1 SC, o médico da Força Nacional do SUS, Luiz Edgar Leão Tolini, que os acompanhou, confirmou o quadro de saúde estável dos dois. Durante a viagem, jogador e jornalista conversaram entre si e passaram bem, sem demonstrar medo.

 

Chegada do jogador Alan Ruschel no hospital em Chapecó | Foto: Marcelo Siqueira/RBSTV

 

O goleiro Jackson Follman, que desembarcou em São Paulo, foi internado no Hospital Albert Einstein, onde passará por uma cirurgia na coluna cervical. O zagueiro Neto, continua internado na Colômbia e só foi informado na segunda-feira (12) sobre o acidente aéreo. Até esse fim da semana, deve ser definida a data que ele volta para o Brasil.

 

 

O Blumenauense
Denúncias, problemas ou elogios? Escreva para contato@oblumenauense.com.br

MAIS LIDAS