domingo, 16 janeiro 2022
InícioArtigoUma das formas de captar água quando falta na rede, no Litoral...

Uma das formas de captar água quando falta na rede, no Litoral de SC

Quem veio para Navegantes, por exemplo, teve que improvisar no banho na noite de quinta-feira (30/12).

No final do ano, quando as praias lotam com moradores do Vale do Itajaí, outras regiões de Santa Catarina e do Brasil, há um problema recorrente. A demanda por água aumenta significativamente e os municípios do Litoral catarinense enfrentam a falta do líquido precioso.

Foi o que aconteceu na noite desta quinta-feira (30/12/21), véspera da tradicional Virada do Ano, quando quem conseguiu tomar banho, lavar a louça e dar as descargas no banheiro, teve sorte. Aqui na Praia do Gravatá, em Navegantes (SC), onde muitos blumenauenses costumam passar esse período, tivemos que improvisar para garantir uma reserva.

Baldes e panelas vão ajudar a armazenar alguns litros enquanto estiver chovendo. Quem instalou um sistema de captação de água da chuva, está tranquilo. Aliás, esse tipo de instalação deveria ser mais estimulado pelo poder público em qualquer região onde existe o risco de desabastecimento.

O jeito foi tomar banho de água mineral, que com a demanda maior em função da falta, também precisou de reposição mais rápida. O assunto esteve nos comentários de clientes que recorreram aos mercados mais próximos para garantir pelo menos 20 litros. Os veranistas estranharam que nem durante a madrugada a água entrou na caixa, como aconteceu em anos anteriores.

Infelizmente o problema não é só de Navegantes. O chato é que isso acontece todos os anos, ou seja, é previsível. Muitos entrarão o ano novo, com louça suja e sem banho. Nada que defina o destino dos próximos 365 dias, afinal aguça nossa criatividade em resolver um problema. Mas poderia ser um assunto resolvido.

Claus Jensenhttp://www.oblumenauense.com.br
Trabalhei com publicidade há mais de 30 anos, fiz teatro durante 8, apresentei programa de televisão outros 5 e sou blogueiro desde 2007. Mas minha maior paixão é a família, e claro, essa fascinante Blumenau.

MAIS LIDAS